Criança de 5 anos que entregou currículo para ajudar em casa após pai morrer, recebe apoio com vaquinha de R$ 30 mil

Após ter sofrido com a morte repentina de Evaldo, seu pai, Murilo decidiu entregar um ‘currículo’ onde ele trabalhava de vigia em São João da Boa Vista, interior de São Paulo, para ajudar com as despesas da casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para apoiar o garoto, criamos uma vaquinha na VOAA e, com a ajuda de vocês, batemos a meta de R$30 mil. Totalizamos 450 transformadores que se comoveram com a história do Murilo, que se sentiu na responsabilidade de ser o “homem da casa.”

Outra criança muito especial que precisa da nossa força é o Pedro. Ele tem uma síndrome rara que paralisa os olhos e faz desenhos lindos no Paint para vender e ajudar em casa. Clique aqui para ajudá-lo!

Devido a complicações da Covid-19, o pai foi levado para o hospital. Porém, por acharem que ele estava com dengue, não fizeram o teste. Dias depois, ele foi encaminhado diretamente para a UTI, onde ficou apenas 1 dia, até o seu falecimento.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por VOAA – a vaquinha do Razōes (@voaa_vaquinhadorazoes)

O novo ‘homem da casa’

Quando Evaldo faleceu, o pequeno Murilo decidiu, por conta própria, entregar um currículo na empresa onde o pai tralhava. Murilo sempre visitava o local de trabalho do pai, por isso, já tinha familiaridade com os colegas de Evaldo.

Na intenção de amenizar o sofrimento do garoto, a mãe Tati ajudou o filho a montar seu ‘currículo’. Além de colar uma foto 3×4, a mãe escreveu que Murilo estuda, faz natação e ‘não fica 5 minutos parado’.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com o currículo em mãos, os dois foram até a empresa e o entregaram para o vigia, que era amigo do pai: “Ele falou que queria ajudar a mãe, pois tinha perdido o pai, e que é o dono da casa e vai pagar as contas”

A avó de Tati cedeu para a família os fundos de seu terreno, onde a mãe e o garoto moram hoje. Os ex colegas de trabalho de Evaldo também ajudaram a família com doações e uma mini vaquinha entre eles.

Vaquinha da criança que entregou currículo para ajudar em casa após pai morrer bate meta
Foto: arquivo pessoal

Mas, agora, graças a ajuda de vocês, a família arrecadou mais de R$30 mil para conseguir se manter sem a presença de Evaldo. Um recomeço para a Tati e o pequeno Murilo que, desde cedo, já se preocupa com o bem estar de sua mãe.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Agradecemos do fundo coração. VOAA, Murilo, pequeno grande menino! 💜🙏

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,860,568SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Refugiados sírios, palestinos e egípcios são acolhidos por sem-tetos em SP

Cerca de 20 famílias de refugiados vivem em uma ocupação no bairro da Liberdade, em São Paulo. “Temos dois sírios, três egípcios, mas a...

Equipe médica leva paciente com doença neurológica ao cinema para comemorar aniversário da filha

No último dia do mês de fevereiro, o contabilista Carlos Roberto Bernadino, de 55 anos, surpreendeu a filha Manuela ao comparecer no Cine Criciúma 1,...

Homem encontra cinco “bolinhas” de lama em um poço e descobre que são cinco filhotes muito fofos!

O tailandês Surachet Klaewkla estava a caminho do trabalho certo dia quando ouviu um estranho e estridente som saindo de um canteiro de obras,...

Criança de 5 anos salva a mãe que sofria de epilepsia usando o FaceTime para pedir ajuda

Autumn Collins tem apenas 5 anos e nem sabe ler, mas teve a esperteza de desbloquear o celular da mãe e fazer uma chamada...

Secretamente, fotógrafo registra pedidos de casamento em Nova York

As histórias captadas espontaneamente são sempre as mais emocionantes e interessantes, por isso o que acontece nas ruas é sempre maravilhoso quando acontece um...

Instagram