Em menos de 24h, bate a meta da vaquinha para família que vive em barco na Bahia

Em menos de 24 horas, batemos a meta da vaquinha para ajudar a Clarinha, de 12 anos, e o seu pai Carlos e o seu avô Nivaldo, a saírem da situação de extrema pobreza que viviam há 3 anos num barco encalhado no bairro Ribeira, em Salvador Bahia. Vocês são incríveis! <3

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com o dinheiro, a família poderá mobiliar uma casinha, pagar as contas mensais e se manter por um bom tempo. A ideia é deles investirem num negócio, já que eles vivem só de benefícios públicos (que conseguiram há poucos dias).

Todo o valor a mais será para estender esse suporte à família. Para ajudá-los, clique aqui e contribua. Para quem não acompanhou essa história, clique aqui e acesse a matéria completa.

menina que mora no marco ao lado do pai
A vaquinha é para tirar a família que vive no barco da situação de extrema pobreza. Foto: Arquivo pessoal

Após repercussão, família que mora no barco é assistida pela Prefeitura

Foi confirmado com a Prefeitura de Salvador e com a @sempresalvador que, com a repercussão da história, a família começou a ser assistida pela Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (SEMPRE) e CRAS Itapagipe, deixando o seu Carlos apto para recebimento de benefícios. E esta semana, o seu Carlos já poderá sacar também o aluguel social.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

jornal entrevista gerente da SEMPRE e morador do barco
Família que vive no barco receberá assistência da Prefeitura Foto: Reprodução/Instagram @sempresalvador

A SEMPRE enviou uma nota ao Razões sobre o caso da família:

“A Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) realizou o atendimento da família que vivia em um barco, no bairro da Ribeira, efetuou cadastro no Cadúnico e encaminhou para benefícios socioassistenciais como o auxílio moradia. Técnicos acompanharam a família para realização do saque da primeira parcela.

A escolha do imóvel e o contrato de locação são de livre escolha e de responsabilidade do beneficiário, e não há interferência da Secretaria. 

Ressaltamos que os técnicos do CRAS Itapagipe realizarão o acompanhamento da família, ofertando programas, serviços e benefícios socioassistenciais, para que superem a condição de vulnerabilidade e risco social”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Que ótima notícia, não? Nós seguimos acreditando aqui. 

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,230,881SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Hospital filantrópico realiza mais de 500 mil atendimentos (humanizados!) por mês

Há mais de 70 anos, o Hospital da Baleia presta atendimento humanizado e de qualidade para a população de Minas Gerais. O lugar conta...

Mesmo internada em hospital, jovem maquia idosa que não se sentia bonita: “ela me agradeceu sorrindo”

Andressa colocou suas dores de lado para ajudar uma idosa que se sentia feia, sozinha, triste, e isso mudou seus dias.

Modelos com belezas reais são promovidos por marca de moda

No meio de uma sociedade complexada por padrões  de beleza irreais, a Debenhams, uma rede internacional de departamento, tornou-se a primeira loja no Reino Unido a promover suas...

Menino que montou lira com restos de materiais ganha instrumento novinho da PM

O estudante Lázaro da Silva Pereira, de 12 anos, viajou 53 quilômetros, de São Fidélis (RJ) até Campos dos Goytacazes para receber um presente,...

Touradas não são mais patrimônio cultural imaterial da França

As touradas, prática muito comum na França, Portugal e Espanha, não serão mais consideradas como patrimônio imaterial francês, o que abre brechas para a sua...

Instagram