Em menos de 24h, bate a meta da vaquinha para família que vive em barco na Bahia

Em menos de 24 horas, batemos a meta da vaquinha para ajudar a Clarinha, de 12 anos, e o seu pai Carlos e o seu avô Nivaldo, a saírem da situação de extrema pobreza que viviam há 3 anos num barco encalhado no bairro Ribeira, em Salvador Bahia. Vocês são incríveis! <3

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com o dinheiro, a família poderá mobiliar uma casinha, pagar as contas mensais e se manter por um bom tempo. A ideia é deles investirem num negócio, já que eles vivem só de benefícios públicos (que conseguiram há poucos dias).

Todo o valor a mais será para estender esse suporte à família. Para ajudá-los, clique aqui e contribua. Para quem não acompanhou essa história, clique aqui e acesse a matéria completa.

menina que mora no marco ao lado do pai
A vaquinha é para tirar a família que vive no barco da situação de extrema pobreza. Foto: Arquivo pessoal

Após repercussão, família que mora no barco é assistida pela Prefeitura

Foi confirmado com a Prefeitura de Salvador e com a @sempresalvador que, com a repercussão da história, a família começou a ser assistida pela Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (SEMPRE) e CRAS Itapagipe, deixando o seu Carlos apto para recebimento de benefícios. E esta semana, o seu Carlos já poderá sacar também o aluguel social.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

jornal entrevista gerente da SEMPRE e morador do barco
Família que vive no barco receberá assistência da Prefeitura Foto: Reprodução/Instagram @sempresalvador

A SEMPRE enviou uma nota ao Razões sobre o caso da família:

“A Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) realizou o atendimento da família que vivia em um barco, no bairro da Ribeira, efetuou cadastro no Cadúnico e encaminhou para benefícios socioassistenciais como o auxílio moradia. Técnicos acompanharam a família para realização do saque da primeira parcela.

A escolha do imóvel e o contrato de locação são de livre escolha e de responsabilidade do beneficiário, e não há interferência da Secretaria. 

Ressaltamos que os técnicos do CRAS Itapagipe realizarão o acompanhamento da família, ofertando programas, serviços e benefícios socioassistenciais, para que superem a condição de vulnerabilidade e risco social”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Que ótima notícia, não? Nós seguimos acreditando aqui. 

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,755,527SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Adolescente que foi visto indo caminhando para formatura ganha carro

Um merecido reconhecimento para o adolescente que acordava às 4h30 pra ir para a escola.

Vereadora que gastou R$ 21 em campanha faz 45 partos por ano sem cobrar nada

A confiança recebida nas urnas vem do seu trabalho como parteira. Sem cobrar nada, ela realiza, em média, cerca de 45 partos por ano. Ela fez o seu primeiro parto quando tinha apenas 18 anos.

Universidade Federal do ES tem primeiro aluno surdo a defender mestrado

Com a defesa da dissertação “A inclusão do aluno surdo no Ensino Médio”, o estudante do Programa de Pós-Graduação em Educação da Ufes Ademar...

Casal de aventureiros escalam montanha para casamento dos sonhos nas alturas

Amar é como escalar uma montanha e este casal do Colorado realmente levou isso bem a sério. Eles escalaram um pico chamado “The Chief in British...

Pink doa R$ 2 milhões para combate de incêndios florestais na Austrália

A cantora australiana Pink, 40 anos, anunciou a doação de US$ 500 mil (R$ 2,03 milhões) para a equipe que atua no combate a...

Instagram