Jovem que mora em cemitério no Sertão da Paraíba há 3 anos sonha em ter seu próprio lar

0
983

Clauberto Williams foi abandonado pelos pais aos três anos de idade e morava com seus avós. Quando eles faleceram, o rapaz ficou sem ter para onde ir e passou a dormir nas ruas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desempregado e passando frio, Clauberto conseguiu abrigo em um cemitério, e já vive lá há 3 anos, dormindo em cima de uma sepultura, na Paraíba.

Seu maior sonho é ter uma casa para morar e um trabalho. Por isso, criamos uma vaquinha para possibilitar isso, e assim, transformar completamente sua vida. Vamos juntos ajudá-lo? Clique aqui e faça uma contribuição!

clauberto-dorme-cemitério-e-sonha-em-ter-casa
Clauberto vive apenas de alguns bicos que faz, mas não é todo dia que consegue trabalho, e quando tem, ganha em média, apenas 50 reais.

Para se alimentar, ele recebe uma refeição do dono de um pequeno restaurante na cidade. O rapaz já chegou até a receber cesta básica, mas não tem cozinha e nem um fogão para fazer sua comida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

clauberto-dorme-cemitério-e-sonha-em-ter-casa

A vaquinha é para prover à Clauberto uma casa quentinha, assim ele não precisará mais dormir no cemitério. Além disso, iremos ajudá-lo com roupas e comida. 🙏❤️

Clique aqui para acessar o site da campanha e faça uma doação!

clauberto-dorme-cemitério-e-sonha-em-ter-casa

Clauberto tem 29 anos e mora no Cemitério Nossa Senhora da Conceição, em Poço de José de Moura, município do Sertão da Paraíba.

“Não tenho mais medo de dormir em sepultura. Passei a me sentir em casa por não passar frio vivendo nas ruas.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desesperado para conseguir dinheiro, ele cumpriu pena no lugar de outra pessoa

O paraibano trabalhava em uma academia, mas ela fechou. Em 2017, desesperado para conseguir algum dinheiro e não passar necessidades, Clauberto cumpriu pena no lugar de outra pessoa.

O condenado pagava R$ 50 reais para ele dormir na cadeia aos finais de semana. Clauberto passou alguns meses preso e depois um pouco mais de dois anos em condicional.

Chega de passar necessidade! Vamos mudar essa história juntos… Clique aqui para acessar o site da vaquinha e faça já uma doação. Aceitamos contribuições via Pix, sem valor mínimo.

clauberto-dorme-cemitério-e-sonha-em-ter-casa

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Essa história veio para nós graças ao apoio do apresentador Fernando, da TV Diário do Sertão. Ele será o anjo do Clauberto e ficará responsável pela entrega da casa.

Jovem que mora em cemitério no Sertão da Paraíba há 3 anos sonha em ter seu próprio lar 1

Fotos: VOAA

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.