Adolescente enfrenta preconceito e se torna manicure para sustentar irmã e sobrinhos

0
2644

O adolescente Micael tem 17 anos e desde os 11 trabalha como manicure para ajudar a irmã no sustento de casa e na criação dos quatro sobrinhos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O preconceito existe, mas não é maior do que sua paixão pela profissão!

Porém, a situação em casa apertou bastante nessa pandemia. Micael e a irmã, que é balconista, estão desempregados. Eles vivem em São Paulo (SP).

selfie jovem manicure sorrindo
Com só 17 anos, Micael já é um manicure talentoso e que se preocupa com a irmã e os quatro sobrinhos. Foto: Arquivo pessoal

Lançamos uma vaquinha na VOAA para Micael montar sua esmalteria em casa e assim poder voltar a trabalhar. Uma parte também será usada para a família pagar aluguéis atrasados e se manter por um tempo. Clique aqui e contribua.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por VOAA – a vaquinha do Razōes (@voaa_vaquinhadorazoes) em

Sem gás para cozinhar, família comeu só pão e água durante uma semana

O adolescente tem a dura missão de sustentar a casa, mas desempregado, chegou faltar comida em casa. A família passou uma semana comendo só pão e água.

mensagem manicure whatsapp oferecendo serviço
Print: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele desabafa:

“O momento mais difícil foi passar fome, de olhar no armário e chorar por não ter nem um sal, foi muito difícil ver as crianças sem comida.”

Manicure desde os 11 anos para ajudar irmã e os sobrinhos

Micael foi morar com a irmã mais velha quando tinha 7 anos, depois que a mãe mudou de cidade. A irmã é como uma mãe para Micael.

Um dia, ao ver a irmã fazendo unhas, se interessou e começou a praticar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

unhas
Foto: Arquivo pessoal

Micael virou um profissional excelente. Faz unhas decoradas de fibra de vidro e acrílico.

A melhor resposta de Micael para o preconceito vai ser quando ele tiver sua esmalteria! Vamos fazer parte dessa resposta?

Ele tem uma irmã e quatro sobrinhos para ajudar, nesse momento, todos dependem dele! Clique aqui e contribua.

selo conteúdo original

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.