Internautas se unem para ajudar mãe que vende balas no semáforo com os filhos

A imagem de uma bebê em uma caixa de papelão é de partir o coração. Infelizmente, esta é a única maneira que a Jéssica, 29 anos, encontrou para conseguir trabalhar: levar sua filha de colo com ela para vender balas nos semáforos de Rio Branco (AC).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jéssica também precisou levar seus filhos de 13, 7 e 2 anos para a rua, já que não tem com quem deixar em casa. A solução veio como alternativa para ajudar seu marido, que é açougueiro, a sustentar a humilde casa em que a família vive.

Para que Jéssica e seus filhos não precisem passar por esta situação, criamos uma vaquinha na VOAA. Colabore com a história desta mãe batalhadora e apoie esta família clicando aqui!

Pandemia impediu que Jéssica vendesse artesanato

Antes da pandemia do novo coronavírus, Jéssica trabalhava com artesanato, vendendo laços de cabelo. A produção era suficiente para se manter e comprar os materiais, mas a crise fez com que as vendas caíssem e obrigou esta mãe a encontrar uma nova ocupação.

Mais uma vez, o nosso anjo Derineudo nos trouxe uma história que podemos mudar. A sensibilidade do policial ao ver a cena da bebê na caixa de papelão revelou toda a dificuldade que Jéssica tem passado.

A família da jovem têm sobrevivido com doações. A campanha tem como objetivo garantir o básico à Jéssica para que ela não tenha que levar os filhos para as ruas.

Além disso, o valor arrecadado também ajudará esta mãe a montar um espaço de artesanato para vender artigos sem precisar sair de casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Não deixe de contribuir!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Professores colocam gangorras na fronteira EUA-México e crianças dos dois lados brincam juntas

Crianças de dois países diferentes brincando em gangorras, cada uma sentada de um lado do muro, na fronteira entre Estados Unidos e México. Não...

Mexicana de 10 anos tem QI maior que Albert Einstein e faz faculdade de Engenharia

Uma estudante mexicana está desde os 9 anos de idade quebrando expectativas e surpreendendo até os mais céticos com sua inteligência - muito! -...

Jovem mexicano cria torres que purificam o ar com a mesma eficiência de 360 árvores!

Um jovem mexicano desenvolveu uma torre autossustentável com microalgas capaz de filtrar o ar. A torre realiza o trabalho de 360 árvores. Carlos Monroy Sampieri,...

“WhatsApp para surdos” promete facilitar a comunicação entre todos

Já imaginou que pessoas com deficiência auditiva também precisam se comunicar? Uma dessas soluções é o Whatsapp para surdos. Existe uma barreira comunicativa entre surdos...

Com adesivo, recém-habilitada pede paciência a motoristas de Caxias (RS): ‘Empatia é tudo no trânsito’

Tirar a sonhada carteira de habilitação é apenas o começo da formação de um motorista. Afinal de contas, 20 aulas práticas e o exame...

Instagram

Internautas se unem para ajudar mãe que vende balas no semáforo com os filhos 1