Vaquinha para menino que vende salgado para sustentar família arrecada 60 mil em 48 horas

A vaquinha para o Nicolas, lançada neste domingo (21), em menos de 8h horas teve a meta! batida! Ficamos muito felizes com isso, mas então, em menos fomos surpreendidos novamente: em menos de 48h dobrou a meta!! Conseguimos até o momento mais de R$60 mil! Gente, isso é demais!<3 Isso é incrível e graças a solidariedade de todos vocês! Vale reforçar que a vaquinha é para ajudar na construção da casinha do Nicolas, além de mobiliar a casa e, claro, a família como um todo. Você ainda pode ajudá-lo clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Surgiram muitos questionamentos sobre a situação do Nicolas, além de comemorar a vaquinha que não só voou, mas decolou, queremos esclarecer essas dúvidas, tudo bem?

Vamos lá, a história completa do Nicolas vocês acessam clicando aqui. O Nicolas tem 10 anos e todos os dias ele levanta cedinho para vender salgados. Ele ficou conhecido no bairro em que mora em Paço do Lumiar (MA) por querer juntar dinheiro para construir a sua casa. Além disso, o dinheiro dos salgados ajuda no sustento da casa.

A obra já está iniciada! 🙂

Moram ele, a mãe e mais duas irmãs, que também ajudam a família no sustento. A mãe do Nicolas está desempregada, a dona Patrícia da Silva, 39 anos, sempre trabalhou como empregada doméstica, porém, hoje, ela tem um sério problema nos pulmões decorrente de uma tuberculose. Sendo assim, ela não consegue fazer pequenas atividades diárias nem mesmo continuar com o emprego de doméstica, por se cansar facilmente. Ou seja, qualquer esforço a leva a uma exaustão notável.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela está tentando auxílio pelo INSS e Bolsa Família, mas por enquanto, o processo ainda caminha.

A história do Nicolas chegou até nós por meio do policial militar Max Muller, 25 anos, que o encontrou na rua vendendo salgados e ficou sabendo que Nicolas queria comprar seis sacos de cimentos para a sua casa. Então, ele, alguns amigos e até desconhecidos se mobilizaram para conseguir arrecadar os materiais necessários para a construção da casa de Nicolas.

Mas, bem mais que a casa, queremos devolver ao Nicolas a infância, e isso é possível com todo o auxílio e suporte que a família receberá através da vaquinha e profissionais que vão auxiliá-la.

A vaquinha ainda está no ar, queremos muito que o Nicolas tire esse peso de suas costinhas e que toda sua família possa viver com mais qualidade de vida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Clique aqui e contribua com a vaquinha!

crédito das fotos: Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM





Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,268,037SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Corrimão em braille permite que deficientes visuais desfrutem de mirante na Itália

Praticamente qualquer cidade do mundo - das mais pacatas e tranquilas aos grandes centros urbanos, - oferecem a seus cidadãos e visitantes um mirante...

Para não deixar aluno em quarentena de fora da foto do anuário, professor leva a classe até a janela dele

Os professores são humanos fora do comum, não é? Em Israel, um professor decidiu que todo mundo estaria na foto do anuário, mesmo o...

Após perder patrocínio por causa de gravidez, corredora bate recorde de Bolt

Yes, girl! Patrocinadores duvidaram do desempenho da atleta após gravidez e corredora ficou sem apoio financeiro. Esta semana ela bateu recorde do invencível Bolt.

Policiais atendem chamada de emergência de menina para seu bichinho de pelúcia ‘ferido’

Policiais do estado do Colorado (EUA) atenderam um 'chamado de emergência' de uma menina de 6 anos para seu bichinho de pelúcia 'ferido'. A pequena...

Cachorro percorre 17 km em dois dias para reencontrar mãe adotiva

Rachel Kauffman, uma proprietária de dois cachorros, fez lar temporário para Hank, antes dele ir para seu novo lar no Tennessee. Porém, antes de ir...

Instagram