No Pará, mulher cava poço para matar sede de família e internautas criam vaquinha

Todo ano, o acesso limitado à água potável em uma vila de São Félix do Xingu (PA) causa sofrimento à família de Joana. Ela mesma decidiu dar uma solução para o problema cavando um poço artesiano no quintal de casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Joana é casada e tem dois filhos pequenos, um de 9 e outro de 10 anos. O marido sofreu um AVC em janeiro de 2019, seu braço esquerdo ficou paralisado e por isso Joana teve que cavar o poço sozinha.

A casa da família é toda de madeira e o banheiro fica no quintal, também de madeira. Lançamos uma vaquinha na VOAA para Joana suprir necessidades emergenciais, como a falta de alimentos, e construir uma casa de alvenaria no lugar da atual. Clique aqui e contribua.

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por VOAA – a vaquinha do Razōes (@voaa_vaquinhadorazoes) em

“Minha maior vontade é poder ter um banheirinho dentro de casa”, desabafa Joana.

Poço tem 3m de profundidade e levou uma semana para ficar pronto

Na vila de Joana existe um único poço para mais de 300 famílias. É muita gente pra pouca água.

“Tem dia que a gente tem água, e tem dia que não. Atrasa muito a vida da gente. Às vezes, tem que ir buscar água na casa dos vizinhos.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Teve semana que a família de Joana não tinha água para cozinhar, tomar banho, e outras necessidades.

Debaixo de um sol quente, Joana foi “caçar” água. Sem poder contar com a ajuda do marido, muito menos pagar alguém para fazer o serviço, a “missão” ficou pra ela.

mulher mostra mão calejada construção poço
Foto: Reprodução/Tik Tok @joanadesouza04

Joana postava vídeos nas suas redes sociais mostrando a evolução do poço. De pouquinho em pouquinho, via a água subir, para sua alegria.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Tá dando pra resolver as coisas. Lavar a roupa, fazer a comida, beber. A água é limpa, graças a Deus.”

mulher fundo poço
Foto: Reprodução/Tik Tok @joanadesouza04

Esforço para cavar o poço agravou problemas de saúde de Joana

“Perdi parte da minha saúde. Estou sofrendo com ‘inchado’, problemas no rim… Mas assim mesmo eu tô feliz porque tem água em casa. Se não tiver água, a dificuldade é grande. A água do poço melhorou um pouco mais a situação.”

Família não conseguiu auxílio emergencial. Depende de doações pra sobreviver

A família depende de doações dos vizinhos, inclusive de comida, para sobreviver.

A humilde casinha de madeira não tem geladeira, sofá, tanque – Joana lava as roupas numa tábua –, armários e os móveis são improvisados. Sem dinheiro para o gás, Joana construiu um forno à lenha para botar comida na mesa.

Joana enfrenta inúmeras dificuldades para manter a família de pé. Foto: Arquivo pessoal

“Eu tenho passado muita dificuldade… Aqui na minha casa é tudo improvisado. O chão foi mal feito e tá desmanchando.”

O seu Humberto, marido de Joana, pegava pesado na lavoura para sustentar a casa. Mas desde que sofreu o AVC, é Joana quem mantém a família de pé.

Os dois tentaram conseguir o auxílio emergencial do governo para segurar a barra nessa pandemia, sem sucesso. Humberto não recebe auxílio doença.

A vaquinha chegou em boa hora e Joana é muito grata a todos que agora farão parte da história da sua família:

“Minha vontade é fazer a casa de concreto porque a madeira solta muito pó e esse pó me dá alergia. A vida vai mudar completamente com essa vaquinha. Agradeço a todos os doadores, que Deus abençoe e multiplica na vida de cada um!

Vamos mostrar para a Joana que estamos com ela e que a missão de cuidar da sua família não precisa ser tão dura?! Clique aqui e contribua.

selo conteúdo original

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,780,571SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Marca espanhola cria estampas de lenços inspirados nas belíssimas asas das borboletas

Já falamos uma vez sobre a marca SlowFactory, que com seus lenços com estampas extraordinárias está ajudando o planeta (relembre aqui). Pois hoje viemos mostrar...

Deixe pago o café do próximo

Para quem não dispensa um bom cafezinho a simpática ideia do “café pendente” ou “café do próximo” chama a atenção. Existente em um café...

Amigas se mobilizam para realizar sonho especial de senhora de 83 anos

Não importa o tamanho do seu sonho, a emoção sempre vem.

Menino de 10 anos distribui lanches caseiros para desabrigados nos EUA

Liam Hannon tem 10 anos e passou as férias escolares preparando lanches feitos em casa para pessoas que moram em situação de rua.

ONGs recolhem flores que iam para o lixo e transformam em arranjos para alegrar idosos em asilos

Quem nunca admirou as flores usadas para decorar uma festa? Tão lindas, mas geralmente descartadas rapidamente, sem nem ter chance de alegrarem por mais...

Instagram