Com vaquinha, desconhecidos ajudam nutricionista que vende pães na rua a montar padaria no MS

0
1102
padeiro fazendo pão
Paulo acorda às 4h da manhã para preparar seus deliciosos pães. Foto: reprodução/VOAA

O nutricionista Paulo Dias Bodim, 29 anos, tem acordado todos os dias às 4h da manhã para produzir seus pães caseiros. Usando apenas o forno convencional de casa, o rapaz encontrou no alimento uma forma de sustentar a casa, que fica em Três Lagoas (MS).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em frente a uma igreja ou em ruas e semáforos da cidade sul-mato-grossense, Paulo vende, em média, 25 pães por dia. É com este dinheiro que ele, sua esposa, Izabel, 29 anos, e seus filhos de 7 e 12 anos, pagam o aluguel da casa e sobrevivem, ainda que com dificuldades.

Apesar de tudo, Paulo tem um plano! O nutricionista deseja ter uma padaria completamente equipada para poder produzir seus pães e dar mais conforto para a família. E você pode ajudá-lo: clique aqui e colabore com a vaquinha da VOAA!

Homem vendendo pães caseiros
Paulo vende seus pães pelas ruas de Três Lagoas (MS). Foto: reprodução/VOAA

O sonho de Paulo é ter uma minipadaria acolhedora, que faça seus clientes se sentirem em casa. Através de seus pães, o nutricionista quer ‘levar todos que passarem pelo lugar diretamente a uma viagem no tempo’.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Quero um lugar bem aconchegante, que as pessoas entrem e se sintam felizes em lembrar do cheirinho de pão da casa da avó, dos pais”, conta Paulo.

Com o dinheiro da vaquinha, o nutricionista comprará os equipamentos necessários para a produção de pães e bolos, além de alugar por um ano um local dedicado à venda de seus produtos. E aí, vamos apoiá-lo?!

O nutricionista conta com a nossa colaboração para montar sua padaria. Clique aqui e saiba como participar!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.