Mãe solo que pede barco emprestado para ir ao mangue catar ostras e sustentar os filhos ganha vaquinha

Aurizelia, 38 anos, mora na aldeia de Camurupim (PB), junto com seus dois filhos adolescentes. O pai dos filhos os abandonou e Aurizelia é quem os cria sozinha. Todos os dias ela sai às 5 da manhã, junto com seu filho de 13 anos, para pescar ostras, siris e mariscos para conseguir sustentar seus pequenos, mas a renda não é suficiente: “É muito ruim a gente vê um filho que quer comer e não tem…Isso dói, dói muito”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aurizelia mora em uma casa que está em péssimo estado, mal tem portas, janelas e móveis. Não tem banheiro e nem piso. Eles também não tem cama e dormem em cima de tijolos.

Para mudar essa realidade, criamos uma vaquinha para prover um lar e uma cama quentinha para a pescadora e sua família. Se depender de nós, eles nunca mais vão se sujeitar a dormir em cima de tijolos. Clique aqui e faça uma doação!

vaquinha voaa aurizelia pescadora mãe solo canoa

Com o valor que recebe do Bolsa Família, Aurizelia consegue uma renda de R$300 por mês, que somado à venda da pesca, que varia, não chega nem a um salário mínimo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para pescar, ela precisa de canoa, mas como não tem, depende das pessoas, onde pega emprestado.

vaquinha voaa aurizelia pescadora mãe solo canoa

Com o recurso que a gente levantar através da vaquinha, ela poderá comprar uma canoa para trabalhar, já que nem sempre as pessoas podem emprestar. E quando não consegue emprestada, é menos um dia de renda para a família…

Clique aqui para acessar o site da campanha e faça uma contribuição! De pouquinho em pouquinho, vamos juntos bater a meta.

vaquinha voaa aurizelia pescadora mãe solo canoa

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“É bem difícil e triste, pois dependemos da pesca para sobreviver, muitas vezes as pessoas não querem emprestar suas canoas para nós”, desabafou a pescadora.

A família de Aurizelia passa por diversas necessidades, e na maioria das vezes, não tem nem comida em casa. Eles dependem da ajuda de vizinhos com cesta básica.

vaquinha voaa aurizelia pescadora mãe solo canoa

A paraibana não tem freezer e precisa pedir ajuda aos vizinhos para guardar o pescado na geladeira de suas casas, mas, muitas vezes, as pessoas não ajudam.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com uma casinha confortável e mobiliada, um freezer e uma canoa para poderem trabalhar, transformaremos a vida dessa família. Vamos nessa? Faça uma doação para a vaquinha de Aurizelia clicando aqui.

vaquinha voaa aurizelia pescadora mãe solo canoa

​A história chegou até nós através do anjo Rivanildo, que estará nos ajudando com o que for necessário!

Aceitamos doações via Pix, sem valor mínimo.

É só copiar o código na finalização da doação e colar na área “PIX COPIA E COLA” do seu banco para colaborar com essa história.

Para pagamentos em boleto, cartão de crédito e PayPal, o valor mínimo da doação na plataforma é de R$ 25,00. Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais. Acesse todos os desfechos também pelas matérias no site do Razões clicando aqui.

Fotos: VOAA

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,956,757SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cooperativa de detentas lança loja virtual para vender produtos na internet

Formada por mulheres sob custódia da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), em Ananindeua, no Pará, a Cooperativa Social de Trabalho Arte Feminina...

Todos cantando o hino nacional no Metrô de SP

Lindo demais, vale a pena compartilhar com vocês o povo unido cantando em alto e bom som o nosso hino, que nunca foi tão...

Jovem vende carro para alegrar crianças doentes como Homem-Aranha

O americano Ricky Mena vendeu seu carro para comprar uma roupa de Homem-Aranha e alegrar quase 10 mil crianças hospitalizadas.

Mulher vai em canil para salvar cão de ser sacrificado e acaba adotando ele e outros 2

“Perguntei qual era o limite de cachorros que eu poderia adotar”, disse Shelly. “Eles disseram que não havia um limite. Então eu decidi pegar os três.”

Conheça a biblioteca-livraria na Colômbia que agrada a todos

Com uma biblioteca-livraria assim, quem não ia querer alimentar o hábito da leitura? Localizada na Colômbia, a 9 3/4 Bookstore + Café é um espaço...

Instagram