Vaquinha da VOAA: Família de venezuelano humilhado tem até março para deixar abrigo; ajude

Vivendo com a familia no Brasil há seis meses, seu Rony é um padeiro venezuelano, de 45 anos, que passou por um episódio recente de humilhação. Para piorar, ele, sua esposa, seus seis filhos e dois netos têm até este mês para deixar o abrigo onde vivem temporariamente em São Paulo (SP).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Lançamos uma vaquinha na VOAA para este guerreiro conseguir alugar uma casa durante um ano e comprar um forno e fogão para produzir seus pães e ter seu próprio negócio. Vamos dar a essa família a chance de um recomeço? Faça sua doação e seja um transformador!

História de Rony

Por não falar bem o português, seu Rony não conseguiu trabalho, nem mesmo como padeiro (inclusive, faz uns pães deliciosos!). Aflito, já que todos de sua família dependem dele para ter um teto e comida na mesa, começou a vender frutas e verduras na rua – faça chuva, faça sol, seu Rony não arreda o pé da barraquinha improvisada.

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por VOAA – a vaquinha do Razōes (@voaa_vaquinhadorazoes)

Venezuelano foi humilhado

Como se já não bastasse ter que se virar para encontrar um lar, passando por inúmeras dificuldades, seu Rony foi humilhado por um cliente que lhe pediu para reservar algumas espigas de milho. Ele não compreendeu o pedido e a pessoa respondeu dizendo algo como: “entender, ele não entende, mas contar dinheiro dos outros sabe”. Mas, gente? 😞

O pai de família engoliu a seco e entregou as espigas ao cliente mal educado.

venezuelano vende frutas verduras ruas são paulo
Sem ter muito o que fazer, venezuelano teve de encarar humilhação sofrida. Foto: arquivo pessoal

Conhecemos a história de seu Rony através de uma moradora, a Gabriela Castro, que presenciou esta cena triste e viu o venezuelano trabalhando debaixo de chuva com o filho de 13 anos. Mesmo tendo tão pouco, ao fazer amizade com seu Rony, Gabriela foi presenteada com milhos e verduras por esse senhor batalhador, que pede apenas uma chance para ele e sua família recomeçarem a vida em um novo país. Apenas uma chance!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vamos juntos mostrar que o brasileiro é um povo solidário? Clique aqui e faça sua doação!

Selo Conteúdo Original Razões para Acreditar

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,769,066SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Empresa chinesa constrói casa com impressões 3D em menos de 3 horas

Em apenas 3 horas, a empresa chinesa ZhuoDa construiu uma casa inédita, toda feita em impressão 3D, ou seja, foi mais como montar um LEGO...

O cabelo crespo da Ludmilla é um ato importantíssimo para a beleza negra

"Eu fui criada achando que cabelo crespo, cacheado e enrolado era a coisa mais feia do mundo e que aquilo não era normal."

Há 37 anos, mulher produz e doa livros em braille a crianças cegas do mundo todo

Debra Bonde é uma mulher tímida que só queria encontrar um trabalho voluntário. Embora não planejasse criar uma organização sem fins lucrativos, em 1984,...

Vivendo sozinho, idoso cego toca gaita para sobreviver, comove web e vaquinha bate R$130 mil

Seu Jassenir tem 71 anos, é cego e vive sozinho em uma casinha muito precária em Contagem (MG). O local não é adaptado para...

Projeto de artes vem mudando a vida de crianças do antigo lixão de Gramacho (RJ)

Conheça o projeto "A Arte Salva" e saiba como contribuir para que ele continue transformando a vida dessas crianças e suas famílias.

Instagram