Vendedor de cachorro-quente é tão ajudado que pede para as pessoas pararem de doar

Clique e ouça:

Joaquim Antônio é vendedor de cachorro-quente e quase sempre trabalhou na porta do Colégio Salesiano Sagrado Coração, em Recife (PE). Por causa da quarentena, teve que parar de trabalhar. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi quando um ex-aluno da escola decidiu pedir doações, que esta história virou e Antônio deu uma lição de honestidade ao mundo inteiro.

Com a venda de cachorro-quente, chamado pelos seus clientes de Barruada, seu Antônio sustentou sua família por mais de 30 anos. Conhecido e extremamente querido no colégio, ele nunca deixou um só aluno passar fome, mesmo quando não tinha dinheiro para pagar. Depois de décadas de generosidade, chegou a hora do universo retribuir.

vendedor cachorro quente 1
Foto: Instagram

As baianas de acarajé estão passando por grandes necessidades e precisam da sua ajuda. Clique aqui e apoie.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após 2 meses de quarentena e com o colégio fechado, Antônio já não tinha mais para quem vender seus hot dogs. Foi então que André Ricardo, conhecido por Arraes, um dos ex alunos do colégio, por acaso passou em frente à escola e constatou que ele já não tinha mais com o pagar suas contas.

Arraes fez um vídeo que, felizmente, circulou entre todos os ex-alunos através de um grupo de whatsapp. Eles não pensaram duas vezes em ajudar o vendedor. De acordo com Fernando Freyre, um dos ex-alunos da escola que publicou sua história em seu Instagram, Barruada não apenas sempre foi querido, como sempre tratou os alunos com respeito e até mesmo com “puxões de orelhas”, quase se sentindo pai dos “jovens” que ali frequentavam“.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Recife Ordinário (@recifeordinarioo) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O mais bonito de tudo foi que Barruada recebeu tantas doações de seus clientes, que teve que pedir para pararem de doar, pois o que ele havia recebido já era suficiente para se segurar por um tempo. 

vendedor cachorro quente 2
Foto: Instagram

Mesmo em um cenário triste como o que estamos vivendo, sempre existe espaço para a generosidade, como esta história nos mostra. Porém, com toda a simplicidade de quem passou a vida inteira vendendo cachorro quente, Antônio ensina ao mundo que honestidade não tem nada a ver com a conta bancária! Que história!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,054,359FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
17,949SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Garoto recebe ajuda de gamer profissional e sugere vender latinhas para retribuir

Essa semana muita gente se emocionou com a história do garoto Guilherme, um menino humilde que gosta de jogar um game chamado Free Fire,...

Adolescente recusa oferta de R$ 46 milhões por site sobre Covid-19

O que você faz quando tem 17 anos? Pensa em estudar, curtir a balada, se divertir. Mas, não o Avi Schiffmann. Ele construiu um...

Mãe que anunciou faxina por R$ 20 para alimentar filhos comove internautas e recebe R$ 53 mil em doações

A jovem mãe Liliane está desempregada e as faxinas foi o meio que encontrou pra não faltar comida em casa.

Desconhecido compra todo algodão doce de idoso que trabalhava na chuva [VÍDEO]

Se puder ajudar alguém, ajude! Essa é a mensagem deixada por um desconhecido que comprou todo o algodão doce de um idoso que estava...

História de amor: marido larga tudo para cuidar de esposa em estado vegetativo

Essa é mais uma história sobre o amor na sua forma mais poderosa! Há dois anos David Cesar, 27 anos, cuida da sua esposa...

Instagram

Vendedor de cachorro-quente é tão ajudado que pede para as pessoas pararem de doar 14