Vendedor de cachorro-quente é tão ajudado que pede para as pessoas pararem de doar

Joaquim Antônio é vendedor de cachorro-quente e quase sempre trabalhou na porta do Colégio Salesiano Sagrado Coração, em Recife (PE). Por causa da quarentena, teve que parar de trabalhar. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi quando um ex-aluno da escola decidiu pedir doações, que esta história virou e Antônio deu uma lição de honestidade ao mundo inteiro.

Com a venda de cachorro-quente, chamado pelos seus clientes de Barruada, seu Antônio sustentou sua família por mais de 30 anos. Conhecido e extremamente querido no colégio, ele nunca deixou um só aluno passar fome, mesmo quando não tinha dinheiro para pagar. Depois de décadas de generosidade, chegou a hora do universo retribuir.

vendedor cachorro quente 1
Foto: Instagram

As baianas de acarajé estão passando por grandes necessidades e precisam da sua ajuda. Clique aqui e apoie.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após 2 meses de quarentena e com o colégio fechado, Antônio já não tinha mais para quem vender seus hot dogs. Foi então que André Ricardo, conhecido por Arraes, um dos ex alunos do colégio, por acaso passou em frente à escola e constatou que ele já não tinha mais com o pagar suas contas.

Arraes fez um vídeo que, felizmente, circulou entre todos os ex-alunos através de um grupo de whatsapp. Eles não pensaram duas vezes em ajudar o vendedor. De acordo com Fernando Freyre, um dos ex-alunos da escola que publicou sua história em seu Instagram, Barruada não apenas sempre foi querido, como sempre tratou os alunos com respeito e até mesmo com “puxões de orelhas”, quase se sentindo pai dos “jovens” que ali frequentavam“.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Recife Ordinário (@recifeordinarioo) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O mais bonito de tudo foi que Barruada recebeu tantas doações de seus clientes, que teve que pedir para pararem de doar, pois o que ele havia recebido já era suficiente para se segurar por um tempo. 

vendedor cachorro quente 2
Foto: Instagram

Mesmo em um cenário triste como o que estamos vivendo, sempre existe espaço para a generosidade, como esta história nos mostra. Porém, com toda a simplicidade de quem passou a vida inteira vendendo cachorro quente, Antônio ensina ao mundo que honestidade não tem nada a ver com a conta bancária! Que história!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,505,556SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

[VÍDEO] Jovem vence paralisia e se torna instrutora de ginástica com movimentos de artes marciais

Aos 21 anos, a jovem venezuelana Katrina Parra ficou paralisada do pescoço para baixo, devido a uma doença rara chamada porfiria, que pode causar paralisia...

Máquina de lavar portátil funciona sem eletricidade

Uma das tarefas mais cotidianas de muitas pessoas é lavar roupa. Mas isso pode ser um luxo de vez em quando, tanto por motivos bons,...

O que acontece quando você mostra que confia em uma pessoa que você nem conhece

Quando digo que pequenos gestos de gentileza são capazes de mudar o mundo, é por conta dessas histórias que contamos diariamente de pessoas que...

Nova-iorquinos ‘burlam’ proibição de cães no metrô com ideia genial

A lei não é muito clara quando ao transporte dos animais em mochilas, por exemplo.

Instagram