Vendedor adapta carretinha em bicicleta para trabalhar e cuidar do filho durante a pandemia

Luan Maciel Carvalho, de 24 anos, é vendedor de salgados em Santa Helena de Goiás (GO) e não tinha com quem deixar o filho pequeno, Pedro Samuel, de apenas 4 anos, enquanto saía para trabalhar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Criamos uma vaquinha na VOAA para ajudar o Luan a pagar uma pessoa para cuidar do filho e para se manter nessa pandemia. A campanha foi um sucesso e ele também pôde investir em uma casinha própria.

 

Luan está concorrendo na categoria Pai, do Prêmio Razões Para Acreditar, premiação que destaca histórias de pessoas reais. Clique aqui e vote!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

Desde o início da pandemia, com as creches fechadas, Luan vinha levando o Pedro nas suas rotas de venda, que dão cerca de 50 km por dia! Ele fazia tudo isso pedalando e adaptou uma carretinha para que o filho ficasse confortável e na sombra.

Luan ganhava cerca de R$ 700 por mês e todo o dinheiro é para pagar aluguel, energia, água e comida. Ele disse que não sobrava nenhum valor para pagar uma babá.

Quero ver se consigo uma casa para ele ter um lugar digno de morar […]. Hoje ele é tudo para mim. Sem ele, eu não sei o que eu seria hoje”, disse o vendedor.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

luan fazendo as entregas

Ele adaptou uma cadeirinha na bicicleta

Luan ganhou uma cadeirinha de criança e o restante do material custou R$ 45. Ele colocou mais duas rotas e uma lona, que servia de sombreiro para que Pedro não ficasse o dia inteiro no sol.

É tudo de sucata, comprei tudo no ferro-velho. As babás mais baratas que eu achei cobravam R$ 400“, contou.

menino em carretinha bicicletas e carreta adaptadaCom a adaptação, o peso que Luan carregava aumentou para 50 kg. Isso faz com que o vendedor também tenha um cansaço físico maior, durante seu turno de trabalho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pedro e Luan chamam a atenção por onde passam. O pai conta que muita gente elogia a sua dedicação e amor pelo filho.

Não são todos os pais que fazem uma coisa dessas. É um sacrifício muito grande. Não é fácil para ele não”, disse a empresária Marlene Campos quando viu a iniciativa do salgadeiro.

Dificuldades para criar sozinho o filho

Quando Pedro tinha apenas um ano, Luan se separou da mãe do menino. No início, a mãe ficou com o garotinho e os dois foram morar em São Paulo (SP).

Depois de seis meses, ela pediu para Luan pegar Pedro, pois passava por algumas dificuldades financeiras e não estava conseguindo criar o filho.

Pedro e Luan

Desesperado, Luan conseguiu juntar o valor das passagens com a ajuda de doações. Trouxe seu filho para morar com ele e desde então é ele quem cuida sozinho do Pedro.

“Ele é tudo que tenho, é tudo para mim. Não sei o que seria da minha vida sem ele”.

Casa do Luan

Até alguns meses atrás, os dois moravam em uma quitinete muito pequena. Felizmente, pai e filho hoje tem um cantinho para viver com dignidade.

 

Luan está concorrendo na categoria Pai, do Prêmio Razões Para Acreditar. Clique aqui e vote!

 

selo conteúdo original

Fonte: Informativo Cidades

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,261,441SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Lições de superação dadas por uma criança

É possível que tudo que essa criança fala no vídeo você já tenha escutado. Mas o fato de ser uma criança, e dela estar...

Empresa cria substância que transforma óleo de cozinha em detergente em apenas 1 minuto

E se eu te contasse que você não precisa mais jogar o óleo de cozinha fora, depois de usá-lo, pois dá para lavar louça...

Mulher faz relato sobre traficante que abordou passageiros no ônibus em busca de oportunidades

Daqueles relatos que são como um soco no estômago, porém necessários.

Jovem venezuelano cria mural inspirado em Van Gogh com 200 mil tampas de garrafas recicladas

Oscar Olivares tem apenas 23 anos, mas possui uma maturidade imensa sobre a importância de causas ambientais. E ele tem levado isso para as paredes...

Manicure vive amor com ex-mendigo viciado em crack

Foi numa manhã de outubro. Passava pouco das sete da manhã quando escutei palmas na frente de casa. Ao abrir a porta, vi um morador...

Instagram