Veterinário de Mogi das Cruzes cuida de animais silvestres encontrados feridos em estradas

​Mais de 120 animais silvestres resgatados com ferimentos, em situação de risco, ou em áreas urbanas passaram pelas mãos do médico veterinário Jefferson Renan Araújo Leite, de Mogi das Cruzes, entre junho de 2015 e dezembro de 2016.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jefferson realiza os primeiros socorros aos bichinhos de forma voluntária, para que retornem à natureza ou sejam encaminhados a uma unidade específica, fora da região.Isso quando eles conseguem se recuperar. Muitos animais acabam morrendo devido à falta de tratamento específico, ou por não conseguirem se adaptar novamente à natureza.​ ​

O vai e vem de animais de diversas espécies é tão frequente na vida do veterinário que ele lembra Dr. Dolittle, médico interpretado por Eddie Murphy em uma comédia americana​. ​

Todos os atendimentos são voluntários e incluem os custos com medicação e alimentação, que são bem específicos em alguns casos. O veterinário ressalta ainda a importância de adotar técnicas durante o cuidado, para que o animal silvestre não perca sua característica e seja domesticado.​

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com base nos dados coletados pelo médico veterinário, a jornalista de dados Jamile Santana criou o infográfico Resgate Silvestre que mapeia o local das ocorrências e traz informações sobre estado de saúde e encaminhamento dos animais.

O infográfico pode ser consultado por qualquer pessoa. Nele, é possível navegar pelos endereços onde foram registradas ocorrências com animais silvestres resgatados pelo veterinário mogiano.

Há dados sobre a espécie do animal, condições em que ele foi encontrado​, local e data da ocorrência​ e qual o encaminhamento dado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

​Para o veterinário, o levantamento mostra a importância de um Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) no Alto Tietê​, além de colaborar com ações práticas para evitar novos acidentes. ​Além disso, o infográfico pode ser preenchido com informações nacionais e internacionais, tornando-se um instrumento de controle dos dados e da vivência silvestre em áreas urbanas.

Fotos: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,755,527SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Segurança de supermercado usa o próprio guarda-chuva para proteger cão e viraliza

O segurança de um supermercado na Escócia é forte concorrente ao posto de melhor amigo dos cães ao preferir ficar na chuva para proteger...

Dona de casa de 63 anos doa sangue há 25 e já ajudou a salvar 832 vidas no RJ: ‘Sensação maravilhosa’

Dona Valéria é uma pacata dona de casa de 63 anos que já ajudou a salvar 832 pessoas em todo o Brasil através da...

Crianças ribeirinhas de Rondônia lançam livro com histórias locais

Criado há nove anos pela professora Gloria Valadares, o projeto “Leitura no Sítio” desenvolve um trabalho exemplar de alfabetização de crianças e adolescentes da...

Projeto Menu Sustentável incentiva comida saudável e combate ao desperdício

Entre 25/08 e 07/09, a população de São Paulo e de Brasília poderá saborear receitas criadas especialmente para a segunda edição do Menu Sustentável, que...

Avô entrega seu Fusca 1976 como prêmio de rifa para pagar curso de Medicina da neta em SC

Um vovô de Blumenau (SC) vai rifar seu velho Fusca 1976 para ajudar a neta a continuar cursando Medicina em uma universidade particular da...

Instagram