VÍDEO: Com barco, trem e trator, bombeiros resgatam casal de idosos de enchente no RS

Bombeiros da região serrana do Rio de Janeiro precisaram montar uma verdadeira força-tarefa para resgatar um casal de idosos e a cuidadora dele.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O resgate contou com barco, trem, carreta de trator além da força de cada um dos bombeiros.

bombeiro com homem no braço
Os bombeiros fizeram um trajeto inteiro com Davino nos braços. | Reprodução: Pioneiro

Davino José (90) e Mercinda Michelon (85) e a cuidadora deles estavam em casa, no município de Santa Tereza quando a água invadiu o local. A região ficou totalmente ilhada devido a cheia do Rio Taquari, que cerca essa região. Por isso, eles não conseguiam sair de casa para um local mais seguro.

Resgate

O resgate aconteceu em diversas etapas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Primeiro os bombeiros resgataram o casal e a cuidadora da região alagada e levaram todos de bote até uma parte da cidade que estava seca.

homem e mulher no bote
Reprodução: Pioneiro

A segunda parte aconteceu em duas etapas, já que Davino faz uso de cilindro de oxigênio e o dele estava descarregado. Primeiro, os bombeiros o levaram no braço até até um pequeno posto de saúde que há na região, usando um cilindro reserva que tinham.

Depois, os profissionais precisaram caminhar até Santa Tereza para pegar outro cilindro reserva. Como não tinha transporte, caminharam por 2 horas (ida e volta).

Com o novo cilindro, refizeram o caminho até a estação de trem de Campinhos, distrito das proximidades, em uma carreta de trator.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por último, os agentes levaram Davino e Mercinda até o centro de Santa Tereza de trem para serem atendidos.

Leia também: Bombeiros pagam aluguel e conseguem doações para idosa que perdeu casa em incêndio 

O casal foi encaminhado para o Hospital Tacchini, em Bento Gonçalves e, de acordo com a notal divulgada, os dois estão bem de saúde. Mercinda não precisou ficar internada e Davino está sob cuidados médicos aguardando a possibilidade de o seu cilindro de oxigênio ser instalado novamente em casa.

Pareceu uma novela! Foi um salvamento muito diferente e foi uma corrida contra o tempo para retirar o casal da residência antes que a água tomasse conta de tudo”, comentou major Batista, chefe do corpo de bombeiros dessa região.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Além de Davino e Mercinda, mais 48 pessoas foram resgatadas das regiões alagadas. A gente só tem que parabenizar a força e a dedicação desses profissionais! Gente que nos inspira!

 

 

 

FONTE: Pioneiro

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,642,968SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Filme brasileiro sobre educação ganha prêmio de melhor do ano em Los Angeles

Notícia boa para o cinema brasileiro! O longa "Nunca me Sonharam", dirigido por Cacau Rhoden e produzido pela Maria Farinha Filmes, ganhou o prêmio...

Pastor alemão “adota” filhote de gambá que perdeu a mãe em atropelamento

As histórias de animais são sempre incríveis e engraçadas! Hantu é um cachorrinha branca, da raça pastor alemão, que vive no abrigo Rare Species Fund,...

Professora usa rádio comunitária para ensinar alunos que não têm internet

Por conta da pandemia do coronavírus, grande parte das escolas e universidades passaram a oferecer aulas online. No entanto, existem mais de 3 bilhões...

Projeto #amornacaixa estimula uso do Instagram em campanha para arrecadar agasalhos

Estamos no inverno, e tradicionalmente temos várias campanhas de arrecadação de agasalho para os que precisam. Mas, para potencializar o uso das redes sociais,...

Educadora cria site para diminuir a falta de informação sobre educação inclusiva: Tem até curso via WhatsApp

O site 'Inclutopia', criado pela pedagoga Fabiana Leme, tem até cursos via WhatsApp sobre educação inclusiva para professores e familiares de alunos.

Instagram