Vídeo feito por portadores de Síndrome de Down procura acalmar as futuras mães de crianças com a mesma síndrome que eles

Uma mãe enviou um e-mail para uma organização de apoio à Síndrome de Down, a CoorDown, pois havia descoberto que seu filho tem a síndrome e ficou com medo em relação ao seu futuro. “Que tipo de vida meu filho vai ter?”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A Saatchi & Saatchi italiana resolveu então fazer um vídeo, que também celebra o Dia Mundial da Síndrome de Down, dia 21 de março, no vídeo vemos 15 portadores da síndrome para responder à pergunta da mãe, mostrando que os desafios, alegrias e aprendizados vão acontecer, independente do filho ser Down ou não. Afinal, são todos humanos incompletos. Vejam (ativem a legenda em português, se necessário):

sindrome_video sindrome_video2 sindrome_video3 sindrome_video4 sindrome_video5 sindrome_video6 sindrome_video7

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,645,514SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pesquisadores do Paraná criam membrana capaz de desenvolver pele e ossos

O futuro da medicina está cada vez mais próximo do presente. No Paraná, pesquisadores da Universidade Estadual de Londrina criaram uma membrana que é...

Punhos de refugiados: fotógrafo brasileiro estampa vitrines da icônica Saks, em Nova York

Diálogo, esses tempos pedem mais diálogo. Essa é a reflexão proposta pelo premiado fotógrafo brasileiro Guilherme Licurgo no seu mais recente trabalho e que...

Cego que arrecadou 1 milhão com suas pinturas doa tudo para caridade

Com 21 anos e cego, o artista Jeffrey Hanson cria pinturas abstratas, vívidas e instintivas. Ele produziu mais de 1.400 obras que foram vendidas por milhares...

Fã de esportes, garoto com câncer ganha cinturão do UFC e apoio de Anderson Silva

Ansioso para ver a próxima luta de seu ídolo, Anderson Silva, o garoto Felipe Adorno Alves dos Santos, de apenas 11 anos, foi à...

Ginasta que vendia cocada para disputar campeonato conquista ouro: “Estamos radiantes”

Após publicação no Razões, a história da Letícia comoveu os internautas, que decidiram ajudá-la com uma vaquinha online para ir ao campeonato Sul-Americano na Colômbia e voltar de lá com uma medalha dourada e outra de prata!

Instagram