Vídeo mostra de forma didática como um relacionamento abusivo acontece

Um relacionamento abusivo não é uma realidade distante de todos nós, ele acontece sem que muitas vezes possamos perceber, e nem sempre com um amigo próximo, as vezes é com a gente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por isso, no “Mês de Conscientização sobre Violência nos Relacionamentos Adolescentes” e respaldado pela ONG norteamericana Day One, o curta de animação “Sunshine” dirigido pelo brasileiro Guilherme Marcondes da Lobo.cx, tem sido um fenômeno viral.

Tanto fora do país, quanto aqui (a página Quebrando o Tabu publicou o vídeo, e em menos de 24 horas já tem mais de 1 milhão de visualizações).

Leia também: Misoginia agora é oficialmente crime de ódio na Inglaterra

“É muito gratificante a reação do público de todo o mundo com este trabalho e como o assunto extrapola fronteiras. Na linguagem visual da peça tentamos mostrar como o abuso pode aparecer de uma forma sutil e até inocente, especialmente no caso dos namoros adolescentes. Acredito que isso tinha ajudado às pessoas, independentemente da sua idade, se identificarem com o assunto e ajudado na viralização”, afirma Marcodes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A clássica, “Walkin ‘on Sunshine” de Katrina and The Waves, foi o “fundo” escolhido pelo diretor para dar vida a este romance que vira a vida da adolescente protagonista rapidamente de cabeça para baixo e de forma mais rápida ainda se transforma em
pesadelo.

No final do curta, dados ainda são apresentados e ficamos sabendo que 1 em cada 3 jovens diz ter sofrido algum tipo de abuso em seus namoros. Apesar de ser um estudo americano, os números também refletem a realidade brasileira, onde 3 a cada 5 mulheres já foram vítimas de abusos em relacionamentos, segundo a ONU.

A produção foi feita para a “Day One” uma organização sem fins lucrativos dedicada ao combate ao abuso sexual e ao apoio às vítimas. Assista:

Perguntado sobre a escolha criativa de fazer um vídeo bem jovem e colorido, Guilherme respondeu:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“A idéia foi dramatizar uma situação muito comum mas pouco discutida que é a escalada de abuso dentro de um relacionamento romântico. A maioria das mulheres cresce educada a tolerar certos comportamentos que a princípio são inofensivos a acabam potencializando comportamentos abusivos no futuro. A nossa história acelera um processo longo que as vezes demora meses ou anos em apenas dois minutos e isso deixa a escalada de violência mais clara do que é na vida real e daí vem a força do filme. Usamos animação por ser uma linguagem universal e muito popular com essa nova geração que está crescendo com internet, Facebook, Netflix.”

Crédito de capa: Reprodução Vídeo Lobo.cx 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,425,269SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Marinheiro é o primeiro a beijar outro homem em evento tradicional da Marinha

Histórico é como podemos chamar o primeiro beijo gay de dois marinheiros da Marinha americana em um evento tradicional. Foi a primeira vez que dois...

Desconhecidos ajudam neta que precisava de cadeira de banho para avó acamada

A avó de 84 anos vive acamada e sofre com as feridas espalhadas pelo corpo.

Empresa recupera gravação de voz da esposa de homem que perdeu a mulher há 14 anos

Quando falamos aqui no RPA sobre empresas que veem seus consumidores não apenas como número, mas sabendo que existe um ser humano por trás...

França declara todos os seus cidadãos doadores de órgãos

A decisão foi tomada pelo governo após um número grande de mortes na fila de transplantes.

Instagram