Vizinho mobiliza rede do bem para construir casa de idosos que vivem em pobreza extrema

A casa de “casa” tem absolutamente nada! Seu Tenêncio, 61 anos, e dona Sônia, 60, de Mauá (SP), sustentam a casa deles com pedaços de madeira.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A situação do casal, de pobreza extrema, comoveu o morador Weslei Duarte. Ele confirma que a casa, metade de alvenaria, metade de madeira, tem nada de “casa”.

Junto com Weslei, criamos uma vaquinha na VOAA para construir uma casa digna pro casal de idosos. Clique aqui e doe.

O teto é “coberto” por telhas quebradas e cheias de buracos – quando chove, molha a casa toda, inclusive a única cama que eles têm. Aliás, a cama é um colchão que fica sobre duas portas de madeira.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Não tem guarda roupas, o pouco de roupas que tem é guardado em sacos e sacolas. Fora conviver com ninho de ratazanas embaixo do cômodo que já cedeu o piso (de barro batido) por conta das escavações dos bichos”, explica Weslei.

cama casal idosos barraco favela
Foto: Reprodução

Vaquinha para construir uma casa digna para seu Tenêncio e dona Sônia. Clique aqui e doe.

Vaso sanitário não tem descarga

O que dizer desse “banheiro”, gente? Meu Deus.

Não tem banheiro, muito menos um chuveiro quentinho. Eles tomam banho de balde e água fria. Como dá pra ver, o vaso sanitário nem descarga tem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

vaso sanitário cercado entulhos casa idosos
Foto: Reprodução

E a cozinha? Ela cedeu no barranco, no lugar ficou um buraco, que leva uma corrente de ar fria direto para o quarto de Tenêncio e Sônia.

Não tem fogão, armário, nada, nada! Não é uma casa.

Vaquinha para construir uma casa digna para seu Tenêncio e dona Sônia. Clique aqui e doe.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

entulhos quintal casa periferia são paulo
Foto: Reprodução

Panfletagem

Nenhum dos dois têm trabalho fixo, e não é tão cedo que vão conseguir um nessa crise do coronavírus sem hora para acabar. Eles distribuem panfletos e com dinheiro que ganham, compram balas para vender no farol.

“Apesar das dificuldades, a dona Sônia está sempre com um sorriso no rosto e agradecida por tudo junto do seu marido. Queremos só trazer um pouco de dignidade a esta família”, disse Weslei.

casal sorrindo
Seu Tenêncio e dona Ana fazem panfletagem e vendem balas no farol. Foto: Reprodução

Weslei tá disponível para quem quiser conhecer de perto a situação terrível de seu Tenêncio e dona Sônia, mas que você pode ajudar a mudar!

A boa notícia é que falta pouco para batermos a meta da vaquinha. Pouco mesmo!

Vamos construir uma casa digna para seu Tenêncio e dona Sônia? Clique aqui e faça sua doação.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,844,630SeguidoresSeguir
24,858SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

100% dos funcionários deste hotel na Itália tem Síndrome de Down

Esse hotel atraiu a atenção do mundo e não é por seus quartos maiores, ou piscinas de outro mundo, e sim pela sua equipe...

Voluntários criam app com consulta online e monitoramento de pacientes com Covid-19

A ideia é genial, é um combo de ações para enfrentamento ao coronavírus numa só plataforma. O app Corona Track Brasil vai oferecer monitoramento...

Idoso hospitalizado recebe visita especial de sua calopsita em Votuporanga (SP)

No reencontro, o amor e a felicidade. A calopsita saiu da gaiola e foi diretamente para os braços do aposentado. Foram beijos, carinhos e muita alegria.

Designer cria poste inovador que purifica o ar enquanto ilumina

Se o símbolo de ter uma boa ideia é uma lâmpada acesa na cabeça, essa invenção é, literalmente, um poste de luz de tão...

CEO da GAP vai atualizar produtos da marca após reclamação de menina de 5 anos

O que as outras empresas podem aprender com esse episódio?

Instagram

Vizinho mobiliza rede do bem para construir casa de idosos que vivem em pobreza extrema 3