Vizinho mobiliza rede do bem para construir casa de idosos que vivem em pobreza extrema

A casa de “casa” tem absolutamente nada! Seu Tenêncio, 61 anos, e dona Sônia, 60, de Mauá (SP), sustentam a casa deles com pedaços de madeira.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A situação do casal, de pobreza extrema, comoveu o morador Weslei Duarte. Ele confirma que a casa, metade de alvenaria, metade de madeira, tem nada de “casa”.

Junto com Weslei, criamos uma vaquinha na VOAA para construir uma casa digna pro casal de idosos. Clique aqui e doe.

O teto é “coberto” por telhas quebradas e cheias de buracos – quando chove, molha a casa toda, inclusive a única cama que eles têm. Aliás, a cama é um colchão que fica sobre duas portas de madeira.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Não tem guarda roupas, o pouco de roupas que tem é guardado em sacos e sacolas. Fora conviver com ninho de ratazanas embaixo do cômodo que já cedeu o piso (de barro batido) por conta das escavações dos bichos”, explica Weslei.

cama casal idosos barraco favela
Foto: Reprodução

Vaquinha para construir uma casa digna para seu Tenêncio e dona Sônia. Clique aqui e doe.

Vaso sanitário não tem descarga

O que dizer desse “banheiro”, gente? Meu Deus.

Não tem banheiro, muito menos um chuveiro quentinho. Eles tomam banho de balde e água fria. Como dá pra ver, o vaso sanitário nem descarga tem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

vaso sanitário cercado entulhos casa idosos
Foto: Reprodução

E a cozinha? Ela cedeu no barranco, no lugar ficou um buraco, que leva uma corrente de ar fria direto para o quarto de Tenêncio e Sônia.

Não tem fogão, armário, nada, nada! Não é uma casa.

Vaquinha para construir uma casa digna para seu Tenêncio e dona Sônia. Clique aqui e doe.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

entulhos quintal casa periferia são paulo
Foto: Reprodução

Panfletagem

Nenhum dos dois têm trabalho fixo, e não é tão cedo que vão conseguir um nessa crise do coronavírus sem hora para acabar. Eles distribuem panfletos e com dinheiro que ganham, compram balas para vender no farol.

“Apesar das dificuldades, a dona Sônia está sempre com um sorriso no rosto e agradecida por tudo junto do seu marido. Queremos só trazer um pouco de dignidade a esta família”, disse Weslei.

casal sorrindo
Seu Tenêncio e dona Ana fazem panfletagem e vendem balas no farol. Foto: Reprodução

Weslei tá disponível para quem quiser conhecer de perto a situação terrível de seu Tenêncio e dona Sônia, mas que você pode ajudar a mudar!

A boa notícia é que falta pouco para batermos a meta da vaquinha. Pouco mesmo!

Vamos construir uma casa digna para seu Tenêncio e dona Sônia? Clique aqui e faça sua doação.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,577,517SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

23 fotos antes e depois de belas transformações do outono

Sem parar para dar uma olhada ao redor, às vezes podemos perder a transição dos nossos arredores, do verão ao outono. Caso você não...

Eddie Vedder interrompe show para expulsar homem que agredia mulher

Durante uma apresentação em Chicago, nos Estados Unidos, na última segunda-feira (22), o vocalista da banda Pearl Jam, Eddie Vedder, expulsou um homem do...

Médico cuida de pacientes com alimentos frescos em vez de remédios

O médico Garth Davis, do Mermorian Herman Medical Center, no Texas, vem chamando atenção por estar cuidando de seus pacientes com alimentos orgânicos. "Muitas vezes o que...

Cães quase sem vida são salvos, tratados e se transformam graças a bondade de um homem

Há pessoas no mundo que vieram para fazer o bem, e sem pedir nada em troca. Uma dessas pessoas é o Wilson Martins Coutinho,...

Cidade do Amazonas é referência em sustentabilidade no cultivo de guaraná

O Brasil é um território muito rico e fértil em recursos naturais. A terra ainda é o sustento de várias pessoas e uma das...

Instagram