Com ‘empurrãozinho’ de vaquinha, Brechó do Davi começa a gerar frutos e família já pensa em expandir negócio

Em março deste ano, Davi Santos, 11 anos, decidiu abrir um brechó para ajudar sua família a superar a difícil fase econômica que vinham passando.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O carioca, lá de São Gonçalo (RJ), viu a mãe começar a vender os móveis de casa após ser atropelada por uma moto, há um ano e meio, e não conseguir o auxílio do INSS.

Na porta de casa, Davi passou a vender suas próprias roupas para trazer dinheiro para sua família. Com preços entre R$ 0,50 e R$ 10, o menino fazia o que podia para não ter que ver sua família vendendo tudo o que tinha para sobreviver e garantir o pão de cada dia.

vaquinha voaa brechó do davi

Corrente do bem

Vendo a batalha deste jovem, a VOAA – vaquinha do Razões, criou uma campanha para o Davi. Através da doação de 541 transformadores, foram arrecadados R$ 38.766,00, valor essencial para dar uma vida melhor para o jovem e sua família.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

vaquinha voaa brechó do davi

Com o brechó, ele conseguiu dar uma folga para a família, que pagou o aluguel atrasado e todas as contas do mês. Vizinhos também vinham doando roupas para que ele vendesse, com direito a banners e até maquininha de cartões de crédito.

Meses depois da campanha da VOAA, Davi levou o negócio do brechó adiante, enquanto a mãe se prepara para expandir sua loja de salgados, um sonho antigo que se tornou realidade graças a um programa de TV. Ariana acredita que 2022 será um ano ainda mais próspero e surpreendente do que 2021.

Negócio de salgados

“Eu consegui alguns materiais para voltar a produzir salgados, são materiais que eu havia vendido anteriormente para poder pagar as contas quando sofri o acidente. Então, estou usando esse dinheiro da vaquinha ‘Voaa’, feita pelo pessoal do ‘Razões para Acreditar’, para reinvestir tanto no brechó, quanto na cozinha para eu voltar a vender meus salgados.

Também recebi doações de móveis e consegui comprar alguns, também com o dinheiro da vaquinha, que já estão chegando aqui em casa. Só a TV que eu não vendi na época, pois era o único divertimento dos meus filhos. Eu sinto que tudo que conquistamos é do Davi, então, agora eu quero fazer o meu, vender o meu e conquistar o meu dinheiro vendendo os meus salgados, como eu fazia antes disso tudo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

vaquinha voaa brechó do davi

Eu sinto que o acidente que eu tive foi um divisor de águas aqui em casa, hoje eu sei que meus filhos vão ter algo para passar para os filhos deles e eu nem digo dinheiro, mas sim força e ensinamentos para passar pelas adversidades da vida”, contou Ariana ao portal “O São Gonçalo“.

A mãe de Davi está finalizando a construção da cozinha, enquanto segue apoiando o filho no brechó, que é o empreendimento de maior renda da família, essencial para pagar as contas do mês.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sonhos para o futuro

“Apesar da vaquinha, que usamos para comprar materiais de cozinha e móveis, já que nossa casa não tinha nenhum, é do brechó que tiramos o valor para pagar nossas contas. Por isso, pretendo investir nos salgados para conseguir ajudar aqui em casa. O nosso sonho é sair do aluguel e vamos conseguir com o dinheiro que ganhamos e o dinheiro do brechó mais a venda de salgados, se Deus quiser”, contou Ariana. Estamos na torcida para que tudo dê certo!

Enquanto isso, ela segue em recuperação das lesões sofridas na perna por causa do atropelamento. O progresso tem sido gradual: recentemente, Ariana parou de usar andador. Com a ajuda de um psiquiatra e psicóloga, a mãe de Davi também tem tratado a depressão, na qual foi diagnosticada após o acidente.

“O que foi ruim passou e eu tenho essa certeza de que tudo tá ficando para trás. Apesar de eu estar numa gratidão incrível, uma paz, uma felicidade e uma certeza muito grandes por ver que ainda existem pessoas boas nesse mundo […] Pretendo inaugurar a cozinha ainda em novembro/dezembro deste ano e assim iniciar 2022 com o pé direito e tudo dando certo”, contou ela.

Participação no ‘Hora do Faro’

Com a grande repercussão de sua história, Davi foi convidado em julho para participar do programa Hora do Faro, do apresentador Rodrigo Faro.

Na ocasião, ele aproveitou para agradecer às contribuições da vaquinha. “Eu só tenho que agradecer a vocês da VOAA, pois foi através de vocês que a produção do Rodrigo Faro conheceu minha história, vocês são luz em minha vida 👏👏👏”, disse o menino.

Quadro ‘Chance em Dobro’

Pouco depois de ganharem dezenas de equipamentos para fazer salgados e quitutes, Davi e sua mãe, Adriana Moreira, participaram do quadro ‘Chance em Dobro‘, concorrendo a uma bolada em dinheiro.

“Então a história é a seguinte… Tá valendo R$ 30 mil. Se esse totem aqui acender azul, você pode correr e abraçar tua mãe porque, além da fábrica de salgados que vocês já ganharam, trinta mil tá garantido na conta”, disse Rodrigo Faro.

O apresentador fez questão de relembrar os perrengues e a história de superação da família.

“Muito justo para o ‘menino do brechó’, esse garoto que, vendo a mãe passar dificuldade, vendendo tudo que ela tinha em casa, perdeu todas as máquinas de salgado, perdeu os móveis… Foi lá, teve a ideia de pegar as roupinhas que ele tinha, colocar pra vender na garagem, e ali ele começou a transformar a vida dele e da mãe”.

Hoje, ele paga os aluguéis. Ele ajuda a mãe a sustentar a casa. “É um moleque que merece demais!“, disse Faro.

Com os equipamentos para fazer salgados e a bolada em mãos, a mãe de Davi não vai precisar mais pegar bicos como faxineira – e vai poder trabalhar em casa, fazendo salgadinhos e muito mais.

E, de quebra, ela e o filho ganharam o desafio e levaram mais R$ 30 mil pra casa! 😍

É apenas o começo Davi! Continue com fé sempre! ✨

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,833,017SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Senhora celebra aniversário de 98 anos como uma criança que completa 7

Quem não quer ser igual a ela quando crescer está mentindo!

Veja incríveis ‘antes e depois’ de 9 cães resgatados

A gente sabe como a aparência de cãezinhos resgatados muda depois da adoção, não é? Mas o pessoal da Wahl e Greater Good Charities...

Aos 11 anos, jovem pastor do Quênia inventou sistema para proteger suas vacas de leões

Quando tinha apenas 11 anos, Richard Turere, um pastor de gado maasai - pertencente a um grupo étnico africano de seminômades do Quênia, -...

Instagram