VOAA e Instituto Alok entregam 1,4 toneladas de sementes para aldeias indígenas recuperarem plantações no Acre

Em Fevereiro de 2021, 10 cidades do Estado do Acre foram atingidas pela que foi considerada a pior enchente dos últimos anos. Como resultado, mais de 30 mil famílias ficaram desabrigadas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Além disso, várias aldeias indígenas da região perderam suas plantações, deixando cerca de 270 famílias sem seu alimento e, principalmente, sem a maior fonte de renda das comunidades. Estamos também com a vaquinha para ajudar o povo Yanomani que está sofrendo de desnutrição. Saiba como ajudar clicando aqui!

Tudo começou com a campanha da VOAA que, com a ajuda de mais de 1.853 transformadores, arrecadou R$ 200.544,78 para a compra colchões e cestas básicas para as comunidades mais afetadas pelas enchentes.

cestas básicas
Foto: arquivo pessoal

cestas básicas
Foto: arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

Depois, graças a uma grande parceria entre VOAA, a vaquinha do Razões, o Instituto Alok, e o Instituto Nossa Jornada, mais de 1,4 toneladas de sementes e sacas foram compradas para o replantio agrícola das aldeias mais atingidas.

Para movimentar a economia local, grande parte dessas sementes foram compradas das aldeias que não foram atingidas pelas enchentes, assim, conseguimos gerar renda para outras comunidades também.

No total, foram 900kg de milho, 900kg de macaxeira, 150 litros de amendoim e mais de 1 tonelada somente em sementes variadas.

VOAA e Instituto Alok entregam 1,4 toneladas de sementes para aldeias indígenas recuperarem plantações no Acre
Foto: arquivo pessoal

VOAA e Instituto Alok entregam 1,4 toneladas de sementes para aldeias indígenas recuperarem plantações no Acre
Foto: arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

VOAA e Instituto Alok entregam 1,4 toneladas de sementes para aldeias indígenas recuperarem plantações no Acre
Foto: arquivo pessoal

Os alimentos foram divididos entre as aldeias: Paroá, Novo Natal, Belo Monte, São Francisco, Pupunha, Formoso, Novo Segredo, Boa Vista, Novo Paraíso, Paroá, Xina Bebe, Belo Monte e algumas aldeias Shanenawa.

Agradecemos de coração a todos que ajudaram de alguma forma. 💜

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,838,442SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ex-aluno presenteia professor daltônico com óculos especial que resgata cores: ‘Uau, o céu é azul!’

Por 38 anos, o professor de inglês Alisson Godói, de Taguatinga (DF), não pôde contemplar as cores como elas são. No entanto, tudo mudou...

Ex-traficante se forma em filosofia aos 67 anos e se torna pesquisador em saúde pública

A vida do norte-americano David Norman, hoje com 67 anos, daria um roteiro de filme. Ex-traficante de drogas, com duas prisões por roubo, Norman...

Casal alvo de preconceito da comunidade LGBT se casa em linda cerimônia

É duro dizer isso, mas ninguém está a salvo do preconceito de classe, cor, gênero... Porém, o mais triste é quando o preconceito parte...

Casal adota cinco irmãos para que não se separassem no DF

Os irmãos Maria Vitória (14), Pedro Henrique (12), Miguel (8), Gabriel (6) e Vitor (4) não precisam ter mais medo de serem separados.

Blogueira que teve os quatro membros amputados faz sucesso dando dicas de maquiagem

No meio de tanta dor e sofrimento, ela encontrou forças para seguir em frente.

Instagram