Após vaquinha do Razões, jovem com Síndrome de Down que morava na rua com a mãe ganha casa nova no RN

No mês de junho, um vídeo que mostra Moisés Gomes Barbosa, 27, repercutiu por todo o país. Nele, o jovem, que tem síndrome de down, aparece aos prantos em uma rua de Pau dos Ferros, no Rio Grande do Norte.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após ter o seu benefício cortado, ele e a mãe passaram a morar na rua. Criamos uma vaquinha para eles construírem uma casa em um terreno da família e nunca mais voltarem a viver nessas condições.

Em menos de 2 horas, a meta de R$ 60 mil foi batida. Em 12 horas, ela foi dobrada! Ao final, graças à doação de 4470 transformadores, arrecadamos R$ 232.965,00, valor (muito) mais que suficiente para a edificação da casa e mobília.

Relembre o vídeo que emocionou a todos:

Vaquinha ajudou com casa, móveis e plano médico!

Agora, ele e sua mãe, Maria Iolanda, não precisarão mais morar na rua. Juntos, fizemos a diferença! Vida nova, Moisés! Estamos muito felizes de ver a casa linda que você vai morar. 😍

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

voaa vaquinha jovem com síndrome de down morava na rua ganha casa nova

voaa vaquinha jovem com síndrome de down morava na rua ganha casa nova

Muito obrigada a todos os doadores que acreditaram nessa história e transformaram para sempre a vida dessa família. Morar na rua não é mais uma opção para Moisés e Maria Iolanda.

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by VOAA – a vaquinha do Razōes (@voaa_vaquinhadorazoes)

Fotos: VOAA

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,843,411SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Experiência com palavras positivas e negativas muda forma de arroz em escola no Paraná

Professora de Curitiba fez experimento para mostrar aos seus alunos a força que as palavras têm.

Homem pede para Alexa tocar Raça Negra e várias delas obedecem comando em condomínio no RJ

Tem coisa melhor do que acordar pela manhã ao som de Raça Negra? E que tal acordar o condomínio inteiro com as canções de Luiz...

Alunos surpreendem colega que perdeu tudo em incêndio dando a ele novos brinquedos

Uma semana após o incêndio, sensibilizados com o acontecimento, professores e colegas de sala se uniram para presentear Daniel com novos brinquedos - e muito mais!

Ambev é reconhecida por iniciativas pela juventude e diversidade

A empresa recebeu o Selo de Direitos Humanos e Diversidade da Prefeitura de SP pelo projeto ‘Na Responsa!’ e por companhas de Skol.

Instagram