Evangélicos vendem água e doam dízimo para construir casa para família necessitada

A humilde casinha instalada numa comunidade carente de Juiz de Fora (MG) tinha grandes rachaduras e estava prestes a cair. Infelizmente, mesmo com os esforços dos voluntários, a obra está parada.


evangélicos vendem água construir casa família necessitada
PUBLICIDADE ANUNCIE

Uma família carente de Juiz de Fora (MG) teve que ser retirada com urgência de casa. A humilde casinha, que foi construída há 30 anos, estava prestes a cair. Nela, encontravam-se gigantes rachaduras que eram tapadas com panos de chão ou lençóis. Nos dias chuvosos, com medo da casa desabar sobre eles, os moradores se juntavam num cantinho e colocavam baldes na cabeça para se protegerem das goteiras.

Situação precária que fez o pastor Bill (como é conhecido na região) e voluntários de uma igreja evangélica abraçarem a missão e saírem pelos semáforos da cidade vendendo água.

“Colocávamos uma faixa contando a história da família e isso nos deu um pouco de retorno. Usamos também os dízimos e ofertas da igreja para construir a casa”, explicou o pastor.

A história desta família chegou até nós pelo próprio Bill, e juntamente com ele, abraçamos esta causa e criamos uma vaquinha na VOAA. Para contribuir só clicar aqui.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em 6 de Ago, 2019 às 10:04 PDT

Porém, já faz quatro meses que os voluntários têm ido às ruas arrecadar dinheiro para a construção. Com apenas 10 mil reais, conseguiram demolir a casa e levantar algumas paredes, porém, o valor não é suficiente, e hoje, a obra está parada.

No início queríamos fazer uma reforma, para isso, levei profissionais comigo, arquiteto e engenheiro, e quando eles pisaram na casa, afirmaram que a família não poderia mais viver lá, a qualquer momento ela poderia cair. A casa estava condenada”, afirmou Bill.

Eles ainda precisam comprar muitos materiais de construção como tijolos, cimento, areia, revestimento e muito mais, como também móveis para a casa, já que a chuva estragou tudo.

Por enquanto, a família está abrigada numa casinha cedida por um parente. “Tentamos vaquinha e dízimos da igreja. Fizemos várias ações”, explicou o pastor.

‘A casa estava desnivelada, foi construída sem colunas’

O Bill explicou que quando recebeu da família o vídeo da chuva molhando todo o interior da casa, inclusive os móveis, ele acreditou que uma reforma para corrigir as rachaduras resolveria a situação. Mas, após fazer uma visita na casa com profissionais da construção civil, descobriram que o problema era bem maior do que imaginavam.

“A casa estava desnivelada, torta. Tinha sido construída sem colunas. Não sabemos como ela resistiu de pé por tanto tempo”, disse.

A laje e as paredes da casa estavam muito úmidas. Poderiam cair a qualquer momento!

PUBLICIDADE ANUNCIE

evangélicos vendem água construir casa família necessitada evangélicos vendem água construir casa família necessitada evangélicos vendem água construir casa família necessitada evangélicos vendem água construir casa família necessitada evangélicos vendem água construir casa família necessitada

Família carente

Moravam na casa Flávia, sua filha Nubia, e seus dois netos. A Flávia é viúva e recebe 300 reais pela aposentadoria por invalidez. A Nubia, mãe da crianças, trabalha em dois empregos para poder sustentar a família, já que o pai das crianças não cumpre com suas obrigações

“A Nubia sustenta a casa com dois empregos e ainda estuda. Umas das crianças tem um diagnóstico de TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade) e com isso mais um desafio financeiro para a família”, explicou Bill.

evangélicos vendem água construir casa família necessitada

A história da família chegou até ele pelo seu trabalho com a igreja na qual lidera, “A Igreja”, que faz diversas ações na cidade com serviços gratuitos da saúde e na educação, além da entrega de refeições para moradores de rua e muito mais.

“Periodicamente fazemos o dia do amor, um dia servindo algum bairro prestando diversas assistências gratuitas”, disse Bill.

Obra parada 

Com a ajuda de voluntários, Bill demoliu a antiga casa e começaram a subir a nova, porém, faz quatro meses que a obra não sai do lugar.

“Toda a construção está sendo voluntária, porém, temos o mestre de obras que está desempregado, e queremos pagá-lo, pois ele a qualquer momento pode deixar a obra para procurar emprego, e precisamos dele”, explicou Bill.

Essa família precisa muito de nossa ajuda, e boa vontade das pessoas envolvidas nesta história é o que não falta!

Vamos ajudá-los na construção dessa casa, clique aqui e contribua!

crédito das fotos: Reprodução/A Igreja

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar