Pedreiro fica desolado com falso anúncio de emprego e internautas criam vaquinha (RJ)

Com dinheiro emprestado, José Romildo pegou o metrô para ir até a suposta seleção de emprego. Ele foi uma entre as dezenas vítimas de uma fake news de emprego em Niterói (RJ).


pedreiro desolado anúncio de emprego falso
PUBLICIDADE ANUNCIE

Na última sexta-feira (16), milhares de pessoas formaram fila no Centro de Niterói (RJ) após um falso anúncio de emprego ser espalhado nas redes sociais. Entre essas pessoas, estava o pedreiro José Romildo Nascimento, 55 anos, desempregado há mais de um ano! Para ir até a falsa seleção, ele teve que pedir dinheiro emprestado, chegando no endereço, encontrou a fila ainda formada, já que, mesmo com a confirmação da notícia falsa, muitas pessoas não queriam deixar o local. 😔

Conhecemos a história do Romildo por meio de uma matéria no site de notícias Extra, e depois de procurá-lo muito, conseguimos conversar com ele! Ele contou ao Razões a difícil situação da família. Além dele, a esposa e técnica de laboratório, Conceição da Silva Abreu, 48 anos, também está desempregada completando um pouco mais de dois anos parada.

Contribua com a vaquinha do pedreiro enganado por falso anúncio de emprego

Moram com ele uma filha de 15 anos e um filho de 30 que sofre de transtorno mental. Ele explicou que guardou o dinheiro da última rescisão de emprego, mas que agora, suas reservas acabaram. Portanto, criamos uma vaquinha na VOAA para ajudá-lo a se manter até que surja uma oportunidade de emprego. Para contribuir, clique aqui.

pedreiro desolado anúncio de emprego falso

O falso anúncio de emprego

A notícia falsa era sobre uma grande seleção de emprego com cerca de 1.500 vagas para a inauguração de uma suposta sede do Sistema Nacional de Empregos (Sine-RJ) na Avenida Feliciano Sodré. Ela chegou no Facebook e com áudios no Whatsapp com a seguinte informação:

“Quem tiver desempregado na sua família, manda pro Sine Niterói, a inauguração vai ser sexta-feira, dia 16, na rua da rodoviária, oito da manhã. Eu não vou ‘tá’ lá. Eu trabalho na matriz, eu trabalho na sede, lá no Rio. Manda a galera pra cá porque tem muito emprego, muito emprego. Manda todo mundo pra cá. Sexta-feira, dia 16 de agosto, levar todos os documentos. Eu não vou tá lá, mas vai ter muita vaga de emprego, manda a galera toda pra lá.”

Esperança frustrada

Quando recebeu os áudios, Romildo relatou que ficou muito feliz! Correu para pedir um dinheiro emprestado para um amigo, R$17, e se preparou para a possível seleção. Acordou às 5h da manhã e foi a pé até o centro de Rio Bonito, de onde tomou o ônibus para Niterói.

PUBLICIDADE ANUNCIE

“É triste, mas eu não desanimo. Tenho fé de que ainda vou conseguir um emprego.”

pedreiro desolado anúncio de emprego falso

Há mais de um ano enfrentando o desemprego

“Estamos mantendo as coisas do jeito que dá, mas está muito difícil”, explicou Romildo. Ele contou que foi guardando o dinheiro que ganhava e a rescisão do emprego do último emprego.

Ele também explicou que a empresa que trabalhou, que é da área de construção civil, em novembro de 2017, perdeu um serviço para a concorrência, o que ocasionou demissões de muitos funcionários.

“Nessa época eu estava de férias, então eu fiquei até julho de 2018 no emprego. E foi uma época ruim, nenhum lugar estava contratando.”

Há mais de 10 anos o José Romildo atua na área da construção civil, mas antes disso, trabalhou por 11 anos como cobrador de ônibus no Rio de Janeiro.

“Não está entrando nada. Minhas contas estão atrasadas. Minha filha vai completar 16 anos agora em setembro e não vou poder fazer nada para ela”, desabafou.

Contribua com a vaquinha do pedreiro enganado por falso anúncio de emprego

pedreiro desolado anúncio de emprego falso

Além da vaquinha, o Romildo precisa muito de emprego! Ele possui referências e um extenso currículo na área. Enquanto não consegue algo, nosso objetivo com a vaquinha é dar a ele recursos para se manter e também para que consiga ao menos pagar transporte para enfrentar as seleções de emprego.

Clique aqui e contribua com a vaquinha do José Romildo.

Vamos mudar o final dessa história!

crédito das imagens: Fabiano Rocha /Agência O Globo e Arquivo da família

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar