Projeto brasileiro busca ‘pais por uma hora’ para crianças sem perspectiva de volta pra casa

O projeto tem como objetivo garantir o direito de convivência familiar e comunitária a crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional, promovendo a criação de vínculos afetivos com pessoas de fora da instituição.


Projeto brasileiro busca 'pais por uma hora' para crianças sem perspectiva de volta pra casa 1
PUBLICIDADE ANUNCIE

Nas últimas semanas, recebemos dezenas de e-mails de pessoas interessadas no “apadrinhamento afetivo”, depois de um post que fizemos falando de uma ONG norte-americana que procura pessoas querendo dar um pouco de carinho para crianças que vivem em orfanatos com poucas chances de serem adotadas.

Uma das iniciativas que recomendamos aqui no Brasil, principalmente para quem vive em São Paulo ou está de passagem pela cidade, é o Projeto Convivência Apadrinhamento Afetivo, do LEVV (Laboratório de Estudos da Violência e Vulnerabilidade Social), ligado à Universidade Presbiteriana Mackenzie.

O projeto tem como objetivo garantir o direito de convivência familiar e comunitária a crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional, promovendo a criação de vínculos afetivos com pessoas de fora da instituição.

PUBLICIDADE ANUNCIE

É esperado do padrinho ou madrinha que ela seja uma pessoa de referência para as crianças e adolescentes, que sejam capazes de criar vínculos afetivos que auxiliem no seu processo de desenvolvimento.

Os critérios para apadrinhar:

Ter mais de 18 anos.

Participar do Grupo de Preparação.

Possuir disponibilidade afetiva e concreta para contato por no mínimo 2 horas, durante no mínimo 1 ano.

Mostrar-se motivado a contribuir de forma positiva para o desenvolvimento das crianças/adolescentes.

Não possuir cadastro no Sistema Nacional de Adoção.

As etapas:

Entrevista inicial.

Participação do Grupo de Apoio.

Aproximação gradual e assistida da criança/adolescente.

Acompanhamento contínuo.

Mais informações aqui.

Foto de capa: Hugo Harada/Gazeta do Povo

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar