Internautas criam vaquinha para garoto que vende salgados para construir sua casa (MA)


garoto vende salgados construir casa
PUBLICIDADE ANUNCIE

Todos os dias, o pequeno Nicolas, 10 anos, de Paço do Lumiar (MA), levanta às 3h da manhã e sai pelas ruas do bairro onde mora para vender salgados (que ele mesmo faz). Queremos que ele não precise mais fazer isso! Contribua na vaquinha aqui.

Com a venda das massas, Nicolas ajuda a sua mãe, a ex-empregada doméstica Patrícia da Silva, 39 anos, a sustentar a família e tenta juntar dinheiro para comprar sacos de cimento para a construção da sua casinha.

Para ajudar este pequeno grande guerreiro, criamos a vaquinha da VOAA e você pode contribuir clicando aqui. Acreditamos muito que o Nicolas, como criança, não deveria ter a responsabilidade de sustentar uma casa, então, além de realizar o sonho de construir a sua casinha, queremos devolver a ele a liberdade de brincar.

A história do Nicolas chegou até nós por meio do policial militar Max Muller, 25 anos, que o encontrou na rua vendendo salgados e ficou sabendo que Nicolas queria comprar seis sacos de cimentos para a sua casa. Então, ele, alguns amigos e até desconhecidos se mobilizaram para conseguir arrecadar os materiais necessários para a construção da casa de Nicolas.

garoto vende salgados construir casa
Nicolas e o amigo Max

garoto vende salgados construir casa garoto vende salgados construir casa

Quem é Nicolas

Nicolas é pequeno apenas na estatura, pois ele já tem responsabilidades de um adulto, uma pena. Ele vive numa casinha de barro com a mãe e duas irmãs e não conta com o auxílio nem presença do pai. Portanto, Nicolas e as irmãs ajudam no sustento da casa.

garoto vende salgados construir casa

A mãe dele, a dona Patrícia, tem um sério problema nos pulmões decorrente de uma tuberculose. Sendo assim, ela não consegue fazer pequenas atividades diárias nem mesmo continuar com o emprego de doméstica, por se cansar facilmente. Ou seja, qualquer esforço a leva a uma exaustão notável.

garoto vende salgados construir casa

PUBLICIDADE ANUNCIE

Para ajudá-la com o sustento da casa, toda manhã, de segunda à sexta, Nicolas pega a sua bicicleta e sai pelas ruas do bairro onde mora para vender os salgados que ele mesmo faz.

Ele levanta às 3h da manhã para preparar as massas, são coxinhas de frango e enroladinho de salsicha e de presunto e queijo. A mãe e a irmã do Nicolas, Sarah, 15 anos, o ajudam no preparo. E à tarde, ele estuda, está no 5º ano do ensino fundamental.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Nicolas Pereira da Silva (@nicolaspereira_ma) em 4 de Jul, 2019 às 2:19 PDT

Mas com as vendas dos salgados, ele também tenta juntar dinheiro para comprar sacos de cimentos. Seu sonho é conseguir construir a sua casa, já que hoje, ele e a família moram numa precária casinha de barro.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Nicolas Pereira da Silva (@nicolaspereira_ma) em 4 de Jul, 2019 às 5:08 PDT

“Buracos pela casa”

Quando chove, entra muita água na casa. Molhando as roupas e poucos móveis que a família tem.

A estrutura da casa toda é de barro e o telhado é feito de telhas de fibrocimento, deixando a residência muito quente, muito quente mesmo!

“Antes de tudo, queremos finalizar a casinha dele, se não, toda ajuda de alimentos e roupas vão molhar e serão perdidas”, explicou Max. Contribua para a vaquinha do Nicolas aqui.

Internautas criam vaquinha para garoto que vende salgados para construir sua casa (MA) 1

Construção da casa

Completaram três anos desde a última vez que a família conseguiu mexer na construção da casa nova. Levantaram algumas paredes e pararam por aí.

“A casa será construída no mesmo terreno onde moram. Só que iremos continuar a obra já começada, e ampliar toda área. Agora conseguimos a ajuda de um engenheiro e de um arquiteto para fazerem um projeto da casa”, afirmou Max.

O Nicolas luta todas as manhãs para conseguir levantar esta casa. Vamos tirar esse peso das costas dele, para que seja apenas criança?

Clique aqui e contribua com a vaquinha!

crédito das fotos: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar