Você pagaria um sorvete para um desconhecido?

Dizem que nós, seres humanos, somos egoístas…” e que não ligamos para nada que ultrapasse o nosso próprio umbigo. Pois bem, esta criativa e humana ação da Kibon fez com que, através de uma “corrente da felicidade” – offline, daquelas que realmente acontece, provou que, apesar dos pesares, o ser humano pode ser incrível quando quer.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com uma dinâmica muito simples, a ação ‘Corrente da felicidade‘ foi executada em diferentes países, como México, Venezuela, Equador e Brasil. Onde inúmeras câmeras escondidas foram distribuídas em lojas de conveniência para flagrar um gesto que, infelizmente, tem se tornado cada vez mais incomum: o de ‘pensar no próximo‘.

Você pagaria um sorvete para um desconhecido? 2Você pagaria um sorvete para um desconhecido? 3Você pagaria um sorvete para um desconhecido? 4Você pagaria um sorvete para um desconhecido? 5Você pagaria um sorvete para um desconhecido? 6Você pagaria um sorvete para um desconhecido? 7Você pagaria um sorvete para um desconhecido? 8

Fonte: Comunicadores.info

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,827,323SeguidoresSeguir
24,599SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menina lê história para seu gato dormir preguiçosamente

Não há nada melhor que uma história contada por uma criança para dormir como um 🐱.

Sérvia ajuda incondicionalmente imigrantes da Síria, Iraque e Afeganistão

Capital da Sérvia, Belgrado é parada obrigatória para imigrantes de países com a Síria, Iraque e Afeganistão que tentam chegar à Alemanha, destino final...

Inglesa abre mão de casa confortável para viver com seus dois cachorros no próprio carro

A inglesa Hillary Barrows, de 57 anos, tomou uma importante decisão após rodar a Europa de carro com os seus dois cachorros, voltar para...

Sandy rebate críticas sobre o filho brincar com boneca

“Não imaginamos que pudessem ter tantas reações, como isso fosse uma grande coisa.”

Em Portugal, existe um banco onde a moeda não é o dinheiro e sim o tempo

O Banco do Tempo funciona como um sistema de troca de ações solidárias. A instituição troca o dinheiro pelo tempo para que as pessoas...

Instagram

Você pagaria um sorvete para um desconhecido? 10