Você sabia que o captcha que você digita na internet pode ajudar a mudar o mundo?

Tempo atrás, o Captcha, aquelas palavras que digitamos antes de baixar alguma coisa ou verificação de contas, não tinham utilidade nenhuma além de evitar fraudes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Percebendo isso, um dos inventores da ferramenta, Luis von Ahn, resolveu dar outra utilidade para o Captcha. Quando você digita uma palavra nesta ferramenta, você pode estar ajudando a digitalizar livros.

O que? Como assim?

Sim, se você perceber que o Captcha que está escrevendo é do projeto ReCaptcha, você está ajudando a digitalizar livros para o computador.

Para entender: há um processo automático que digitaliza as obras para um formato digital, mas o sistema do computador tem dificuldades em ler algumas palavras de livros mais antigos. Assim, essas palavras que o sistema não compreende são jogadas no Captcha, nós as reconhecemos e ajudamos o mundo a ter mais livros digitais. Legal né?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para saber que o que escrevemos está correto, eles disponibilizam duas palavras: uma que o computador sabe e outra que ele não compreende. Ao acertar a que o computador já sabe, ele automaticamente entende que você também acertará a que ele não entende.

São mais de 200 milhões de ReCaptchas resolvidos todos os dias, o que dá cerca de 5 milhões de livros por ano. Isso tudo está explicado no vídeo abaixo, em que Luis também fala sobre outro projeto colaborativo para aprender novas línguas: é o Duolingo. Veja a apresentação dele no TEDxCMU:

Ctrl + C Ctrl + V do site Engenharia É

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Escola italiana proporciona experiências sensoriais enquanto ensina crianças a pintar e dançar

Estamos rodeado de experiências sensoriais, de todos os tipos. O acesso a um universo rico em texturas, cores, volumes e contrastes indica às crianças a...

Ex-prisioneiro volta todos os dias à cadeia para dar aula de programação para detentos

Com o objetivo de reduzir a reincidência criminal através da qualificação para o mercado de trabalho, a ONG The Last Mile ensina programação em...

Netos dão telas, tintas e curso para avó que ama pintar e ela realiza sonho

É comum as avós incentivarem os netos quando crianças a desenhar e pintar. Agora, neto motivando a vovó a pintar é nova. Isso aconteceu...

Aos 88 anos, mãe encontra filha que pensou ter morrido no parto

A senhora Genevieve Purintonl, hoje com 88 anos, levou 69 anos para descobrir que a filha, durante um trabalho de parto, não havia morrido...

Saiba porque pessoas acima de 60 anos deveriam tocar bateria

Você sabe o que significa bateroterapia? O músico Gus Conde criou esse método, que une o exercício de tocar bateria, com a fisioterapia e a terapia. A...

Instagram

Você sabia que o captcha que você digita na internet pode ajudar a mudar o mundo? 4