Voluntária da Cruz Vermelha consola imigrante após resgate: “Ele merecia muito mais do que um abraço”

Luna Reyes é uma jovem de 20 anos que atua como voluntária da Cruz Vermelha na Espanha, país que tem vivido uma grave crise migratória com o Marrocos, nação do magrebe africano.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Alguns dias atrás, Luna foi convocada pela Cruz Vermelha para prestar socorro a milhares de imigrantes que cruzaram parte do mar mediterrâneo para chegar à Espanha em busca de melhores condições de vida.

Entre um socorro e outro, ela foi fotografada confortando um imigrante africano exausto, que nadou a braço por quilômetros até o enclave espanhol.

A imagem correu o mundo, e virou símbolo também no Brasil: afinal de contas, no dia 22 de maio, comemoramos o Dia Nacional do Abraço.

voluntária cruz vermelha abraça imigrante desesperado
Fonte: Bernat Armangué

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Luna está cursando o terceiro ano da carreira de ‘Integração Social’ em Ceuta, uma cidade autônoma espanhola localizada no Estreito de Gilbratar, uma pequena passagem d’água que separa Europa e África e conecta o Mar Mediterrâneo ao Oceano Atlântico.

O trabalho voluntário da jovem é reconhecido como estágio universitário. Assim, enquanto ajuda incontáveis pessoas desamparadas, Luna aprende, na prática, o exercício da assistência social e o que é ser uma guardiã dos necessitados.

voluntária cruz vermelha abraça imigrante desesperado
Fonte: Reprodução / YouTube – El País / Cruz Vermelha

“Minha filha foi lá para fazer uma prática de integração social. Você está ajudando como voluntário. Ela não imaginava que um dia após o outro iam ligar para ela às 12 da noite, às 9 da manhã, às 7 da tarde, para ir ajudar as pessoas que estão chegando ao mar, nadando, da costa de Marrocos”, disse Luis, pai da estudante, em entrevista ao portal Telemadrid.

A imagem capturada pelo fotógrafo Bernat Armangué viralizou mundialmente. De acordo com ele, o jovem abraçado da foto é senegalês e fala francês.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

voluntária cruz vermelha abraça imigrante desesperado
Fonte: Reprodução / YouTube – El País / Cruz Vermelha

“De um lado você tinha uma trabalhadora humanitária que conforta os soldados espanhóis que tentam ajudar as pessoas e um pouco adiante as forças de segurança da Imigração, que pegam outros migrantes africanos para mandá-los de volta ao seu país de origem. Foi um momento cheio de contradições”, resumiu Bernat.

voluntária cruz vermelha abraça imigrante desesperado
Fonte: Reprodução / YouTube – El País / Cruz Vermelha

Não se sabe o nome, a origem ou o que motivou exatamente a travessia do rapaz. De todo jeito, Luna lamentou não ter conseguido impedir que ele fosse deportado de volta para o Marrocos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

voluntária cruz vermelha abraça imigrante desesperado
Fonte: Reprodução / YouTube – El País / Cruz Vermelha

“Ele estava chorando, eu estendi minha mão e ele me abraçou”, explicou Luna à rede RTVE. “Ele grudou em mim como uma lapa. Esse abraço foi sua tábua de salvação. Ele falou comigo em francês e numerou com os dedos da mão. Não entendi nada, mas estou convencida de que ele estava listando os amigos que perdeu ao longo do caminho”, lamentou.

“Ele chorava, babava o tempo todo, antes de me abraçar estava em transe. Ele queria se matar. Eu sei que ele era do Senegal e seu olhar perdido está gravado em mim. Seus olhos estavam muito vermelhos”, relembrou a voluntária.

voluntária cruz vermelha abraça imigrante desesperado
Fonte: Reprodução / YouTube – El País / Cruz Vermelha

Luna espera que o jovem senegalês consiga, de alguma maneira, aquilo pelo qual buscou nadando por horas e vários quilômetros até chegar em solo espanhol: uma oportunidade de viver dignamente. “Esse rapaz merecia muito mais do que um abraço“.

Assista ao vídeo que mostra o momento do abraço:

Fonte: Dodo Finance

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,751,664SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Bicicleta para cegos se torna uma realidade em Volta Redonda

No dia 13 de dezembro foi inaugurado na Praça Pandiá Calógeras, Volta Redonda (RJ) a primeira bicicletaria especialmente adaptada para indivíduos cegos, com Síndrome...

Milhões de muçulmanos marcham contra o Estado Islâmico durante peregrinação

Um evento que mostra que a maioria dos muçulmanos repudia o Estado Islâmico.

Refriteca: o refrigerador que alimenta o conhecimento

Já imaginou uma geladeira que além de alimentar o corpo, alimente também a mente? Essa é a proposta da Refriteca, uma ação social da Electrolux que quer...

Edredom brilha no escuro e protege a criança de ‘monstros’

Tem criança que morre de medo de dormir no escuro. E isso é coisa séria! Um tipo de fobia bastante comum entre os pequenos,...

Nome: Johnny Barnes. Idade: 88 anos. Profissão: Desejar um bom dia às pessoas

Num mundo no qual é difícil até arrancar um Bom Dia ou um sorriso das pessoas, seres iluminados como Johnny Barnes, de 88 anos, precisam ser...

Instagram