Voluntários ajudam pessoas de qualquer idade a aprender a andar de bicicleta

Em épocas de fatos que nos mostram que o ciclista ainda não é respeitado como deveria nas ruas, vale a pela falar de projetos que incentivam esse meio de locomoção que utiliza apenas a energia de quem pedala, e não sai por aí aumentando o trânsito e poluindo o ar. Por isso, viemos falar do  Bike Anjo – um movimento que incentiva as pessoas a usar a bicicleta nos meios urbanos, através de atendimento individual, passeios ciclísticos ou oficinas educativas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Bike Anjo existe desde 2010 e une os ciclistas experientes aos iniciantes, evitando assim que as pessoas desistam da bicicleta por uma questão de receio ou insegurança. Mais de 300 voluntários espalhados por 60 cidades brasileiras têm ajudado e não há mais que temer pedalar na cidade. Basta ir ao site do movimento e encontrar o seu próprio “anjo”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Hypeness

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,500,572SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

[VÍDEO] Homem resgata bebê ganso rejeitada pela mãe e a ensina a voar

Um homem resgatou uma gansa filhote que foi rejeitada pela mamãe por ter nascido prematura. Essa é mais uma daquelas histórias que mostram que...

Jovem se forma em fisioterapia para cuidar de amigo tetraplégico no RN

Há cinco anos, a paraibana Samara Elânia da Costa, até então estudante do curso de História da Universidade do Estado do Rio Grande do...

Casal de velhinhos doa toneladas de alimentos para hospital

1,2 tonelada de arroz por semana para alimentar pacientes e acompanhantes, mais 280 litros de óleo e 1.050 quilos de açúcar.

Venezuelanos poderão estudar na Universidade Federal de Roraima

A Universidade Federal de Roraima (UFRR) criou um programa de vagas remanescentes para os venezuelanos que chegam à Boa Vista.

Instagram