Voluntários levam carinho e afeto para bebês ‘viciados em drogas’

O consumo de drogas na gravidez pode deixar sequelas graves na saúde dos bebês. Isso não é nenhuma novidade, mas ainda existem mães que fazem uso de drogas na gestação. O efeito mais perverso disso é o vício do bebê na substância consumida pela mãe.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Escute essa matéria essa matéria enquanto você vê as fotos! Clique no play acima!

O número de bebês que nascem ‘viciados em drogas’ nos Estados Unidos ligou o sinal vermelho nas maternidades de todo país. Desde os primeiros dias, as crianças enfrentam dificuldades para lidar com a abstinência. Sintomas como diarreia, tremedeira, vômito, choro e dores incessantes são comuns nos bebês de mães viciadas em heroína e analgésicos, segundo informações do Hypeness.

Algumas crianças precisam tomar doses decrescentes de morfina para aliviar os sintomas, até que seus organismos se acostumem com a falta das substâncias. As enfermeiras de uma maternidade na Filadélfia disseram que os bebês com a síndrome de abstinência neonatal ficam mais tranquilos quando estão no colo e recebem carinho e afeto. Por isso, vários hospitais criaram programas para que voluntários doem carinho aos pequenos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A iniciativa é de extrema importância para a saúde dos bebês, já que eles ficam internados durante vários meses até que as substâncias saiam de seus organismos. Além disso, muitas mães e pais perdem o direito da guarda devido ao abuso de drogas, ou estão em tratamento para se livrarem do vício. Como o número de enfermeiras é pequeno, os “doadores de carinho” são verdadeiros anjos para os pequenos.

A conta é simples: quanto mais carinho os bebês recebem, menos medicamentos eles precisam tomar para controlar os sintomas da abstinência, o que ajuda a diminuir o tempo de internação. Os médicos e psicólogos envolvidos no programa destacam que é importante que os bebês se sintam confortáveis e protegidos com os pais ou cuidadores já nas primeiras fases da vida, pois isso tem um impacto positivo no seu desenvolvimento emocional.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Reprodução

[Nota da Redação]

Acreditamos que a tecnologia pode proporcionar momentos inesquecíveis, como a realização de assistir uma apresentação de balé ou viajar para a Espanha, tudo isso é possível através da realidade virtual. Assista a experiência que levamos a uma casa de repouso de São Paulo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dona Gilda relembra a época de costureira e reproduz o vestido do filme “E o Vento Levou” com a ajuda da realidade virtual. Assista!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,638,607SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Servidora ensina inglês para colegas de trabalho no horário de almoço

Ter a fluência e o conhecimento de um segundo idioma, especialmente o inglês, pode fazer toda a diferença num mercado de trabalho cada vez...

A reação adorável de um gato ao rever seu amigo cão que ficou fora por 10 dias

Quem diz que cão e gato não podem se dar bem, está bastante enganado (ainda bem!), assim como espécies que geralmente associamos a inimizades,...

Católicos, evangélicos e espíritas se unem em terreiro para ajudar famílias necessitadas

"O objetivo aqui é só a ajuda ao próximo", elogia Rosemere Mathias, 48 anos, da igreja Assembléia de Deus Nova Filadélfia.

Menino de 6 anos anda pela 1ª vez e a alegria dele é tudo o que você precisa ver hoje

Graças à fisioterapia, ele não depende mais da cadeira de rodas para desbravar o mundo.

Professora pedala pelo sertão nordestino para dar aulas de graça às crianças com deficiência nesta pandemia

Com uma bicicleta simples, a professora Noadias Novaes, 38, pedala embaixo de sol forte nas estradas do sertão do Ceará para dar aulas a...

Instagram