Início INSPIRAÇÃO Amor Voluntários levam carinho e afeto para bebês ‘viciados em drogas’

Voluntários levam carinho e afeto para bebês ‘viciados em drogas’

O consumo de drogas na gravidez pode deixar sequelas graves na saúde dos bebês. Isso não é nenhuma novidade, mas ainda existem mães que fazem uso de drogas na gestação. O efeito mais perverso disso é o vício do bebê na substância consumida pela mãe.


Escute essa matéria essa matéria enquanto você vê as fotos! Clique no play acima!

O número de bebês que nascem ‘viciados em drogas’ nos Estados Unidos ligou o sinal vermelho nas maternidades de todo país. Desde os primeiros dias, as crianças enfrentam dificuldades para lidar com a abstinência. Sintomas como diarreia, tremedeira, vômito, choro e dores incessantes são comuns nos bebês de mães viciadas em heroína e analgésicos, segundo informações do Hypeness.

Voluntários levam carinho e afeto para bebês ‘viciados em drogas’ 1

Algumas crianças precisam tomar doses decrescentes de morfina para aliviar os sintomas, até que seus organismos se acostumem com a falta das substâncias. As enfermeiras de uma maternidade na Filadélfia disseram que os bebês com a síndrome de abstinência neonatal ficam mais tranquilos quando estão no colo e recebem carinho e afeto. Por isso, vários hospitais criaram programas para que voluntários doem carinho aos pequenos.

A iniciativa é de extrema importância para a saúde dos bebês, já que eles ficam internados durante vários meses até que as substâncias saiam de seus organismos. Além disso, muitas mães e pais perdem o direito da guarda devido ao abuso de drogas, ou estão em tratamento para se livrarem do vício. Como o número de enfermeiras é pequeno, os “doadores de carinho” são verdadeiros anjos para os pequenos.

Voluntários levam carinho e afeto para bebês ‘viciados em drogas’ 2

A conta é simples: quanto mais carinho os bebês recebem, menos medicamentos eles precisam tomar para controlar os sintomas da abstinência, o que ajuda a diminuir o tempo de internação. Os médicos e psicólogos envolvidos no programa destacam que é importante que os bebês se sintam confortáveis e protegidos com os pais ou cuidadores já nas primeiras fases da vida, pois isso tem um impacto positivo no seu desenvolvimento emocional.

Voluntários levam carinho e afeto para bebês ‘viciados em drogas’ 3

Voluntários levam carinho e afeto para bebês ‘viciados em drogas’ 4

Voluntários levam carinho e afeto para bebês ‘viciados em drogas’ 5

Fotos: Reprodução

[Nota da Redação]

Acreditamos que a tecnologia pode proporcionar momentos inesquecíveis, como a realização de assistir uma apresentação de balé ou viajar para a Espanha, tudo isso é possível através da realidade virtual. Assista a experiência que levamos a uma casa de repouso de São Paulo:

Dona Gilda relembra a época de costureira e reproduz o vestido do filme “E o Vento Levou” com a ajuda da realidade virtual. Assista!

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

981,774FãsCurtir
1,673,686SeguidoresSeguir
8,205SeguidoresSeguir
10,900InscritosInscrever

+ Lidas

Designer da UFMG cria embalagem sustentável de pasta de dente que pensa fora da caixa – literalmente!

Um projeto acadêmico liderado por Allan Gomes, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), repensa a maneira como as embalagens são dispostas aos consumidores...

Médico faz desenhos em curativos de crianças após cirurgias

O cirurgião pediátrico Robert Parry sempre tira um momento após uma cirurgia para garantir que uma cicatriz não seja a única lembrança duradoura do...

Vizinhos cuidam da lavoura de família que busca tratamento para filhas

Essa é uma daquelas histórias para encher o nosso coração de esperança nesse início de ano. Mais de 100 pessoas fizeram um mutirão para...

Fotógrafo capta momento em que esquilo cheira flor amarela e imagem viraliza

As fotos foram publicadas no Instagram e Facebook há quase dois meses, mas só agora viralizaram na internet.

Aluno usa dinheiro que ganhou de aniversário para pagar ida de amigo a excursão

Um gesto de amizade envolvendo dois estudantes da escola Francisco Murilo Pinto em Bragança Paulista (SP) tem comovido milhares de pessoas na internet.

Instagram