Grupo de ex-combatentes se une e restaura casa de veterano da 2ª Guerra Mundial

Alfred Guerra, de 94 anos, serviu os Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial. Essa é uma das coisas que ele mais tem orgulho na vida e parece que as pessoas do seu país também!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A prova disso é um grupo de voluntários formado por ex-combatentes que teve a iniciativa de restaurar a casa de Alfred inteirinha como forma de agradecimento e reconhecimento à sua luta na guerra.

ex-combatentes reformam casa de veterano de guerra
Foto: Facebook

Filho reformava a casa quando morreu de câncer

Quem iniciou a obra na casa de Alfred foi seu filho. Só que, infelizmente, ele faleceu de câncer e o idoso não teve condições financeiras de finalizar a obra. Sabendo que o imóvel estava em uma situação complicada e que o pai não tinha onde morar, Maria, filha de Alfred, fez uma publicação no Facebook para tentar encontrar ajuda.

Foi quando os anjos do Military Order of the Purple Heart, San Antonio 1836, um grupo de ex-combatentes de guerra, apareceu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O grupo Military Order of the Purple Heart, San Antonio 1836 visitando a casa de Alfred. Foto: Facebook

E mesmo com a demora na finalização da reforma, devido à paralização pela pandemia do novo coronavírus, o grupo de voluntários concluiu a obra na casa de Alfred e deram uma nova oportunidade para o antigo soldado.

Além dos voluntários do Military Order of the Purple Heart, outras pessoas ajudaram na missão. O telhado foi doado pela Fundação SRS Raise the Roof e os sistemas elétricos e hidráulicos por comerciantes locais.

“Como guerreiros de combate, não deixamos ninguém para trás. E como veteranos, não deixamos nenhum veterano para trás”, disse Tony Roman, da Military Order of the Purple Heart.

ex-combatentes reformam casa de veterano de guerra
Alfred, de bengala, com seu grupo de voluntários. Foto: Facebook

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Alfred já retornou para casa, mas o imóvel ainda precisa de alguns pequenos reparos. Tony e seu grupo estão seguem em busca de doações para finalizar o que precisam e devolver um lar completo para o idoso.

O Alcionildon não é um combatente de guerra, mas ele tem força e garra, assim como esses soldados. Ele não tem as duas pernas e, para dar um pouco mais de conforto para família, está construindo a sua casa sozinho. Conheça essa história!

Fonte: Facebook

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,966,936SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Voluntários fazem ninhos de crochê e ajudam centros de reabilitação de animais selvagens do mundo todo

A canadense Katie Deline-Ray fundou a organização Wildlife Rescue Nests para ajudar centros de reabilitação de animais selvagens de Ontário. Mas, com a ajuda de...

Após gravidez de risco aluna da UFPA defende TCC em sua casa

Um dos momentos mais marcantes na vida de um jovem é quando ele é aprovado no vestibular e inicia esta nova fase da vida....

Instituto plano de menina expande atuação na pandemia com capacitação e geração de emprego para garotas de periferia

O primeiro Dia Internacional da Menina foi celebrado em 11 de outubro de 2012. A celebração marca os progressos realizados na promoção dos direitos...

Homem carrega idoso nas costas até o endereço que ele procurava em Uberlândia (MG)

Uma cena tocante foi testemunhada pelo fotógrafo Neto Carvalho, de 29 anos, em Uberlândia, no triângulo mineiro. Enquanto andava pela rua, o fotógrafo viu um...

Campanha do Bob’s faz convite para pessoas viverem fora do padrão

Um convite para cada um ser do jeitinho que é.

Instagram