Voluntários socorrem animais vítimas de terremoto na Itália em ambulâncias

O terremoto que atingiu o centro da Itália na última quarta-feira (24) causou a morte de centenas de pessoas e deixou outras tantas feridas. Mas, entre as vítimas, não estavam apenas pessoas. Muitos cães e gatos estavam com seus donos na hora dos tremores ou vagando pelas ruas das cidades quando o terremoto aconteceu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pensando nisso, a associação de voluntariado Amico Fedele de San Benedetto del Tronto acionou ambulâncias e montou tendas de atendimento para os animais feridos no distrito Pescara del Tronto, da cidade de Arquata del Trono.

A ideia da ambulância é cuidar e, se necessário, curar cães e gatos que foram atingidos pelo terremoto. Segundo o site ANSA BRASIL, os voluntários estão à disposição a qualquer momento para os animais que seguirem seus donos até as tendas.

Organizado por voluntários, o posto funciona 24h e conta com um chefe de cozinha, uma enfermeira de um lar de idosos, além de funcionários de ONGs. “Estaremos em funcionamento até que seja necessário, até que haja um pouco de normalidade”, explicam os voluntários.

Foto: ANSA

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,714FãsCurtir
1,763,678SeguidoresSeguir
8,639SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem cria escola de lona para alunos carentes em Tocantins e internautas criam vaquinha

Com alguns tecidos, plásticos e madeiras que encontra no lixão, jovem construiu a sua escolinha de reforço. Mas quando chove, ele perde tudo.

Pitbull resgatado de “rinha” não para de sorrir no novo lar

Publicamos no final do ano passado o resgate de 33 pitbulls de uma “rinha” em Itu (SP). O estado dos cães era muito triste. Hoje,...

Menino vende desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas

Kayque coloca seus desenhos à venda no portão de casa por R$1,50 para conseguir dinheiro para as telas e para ajudar a família.

Cadeirante que faz entregas em SP sonha ter cadeira motorizada e internautas criam vaquinha

Conheçam o Luciano Oliveira, 44 anos, cadeirante que ficou conhecido por trabalhar como entregador de comida por aplicativo.

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Instagram