Sem distinção! Volvo concede licença parental remunerada de 6 meses para pais e mães

Sem distinção de gênero e de como a criança foi gerada! Inspirada na legislação nacional da Suécia, uma das mais avançadas do mundo no tema, a Volvo Car adotou a licença parental remunerada de 24 semanas (seis meses) para pais e mães.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Estamos muito felizes em conseguirmos implementar essa nova licença aqui no Brasil. Sabemos que isso não é comum em nosso país e podemos até ser exemplo para outras empresas, indo além do que a legislação exige”.

E, de alguma forma, contribuir ativamente para o início de vida das crianças que terão os pais por perto”, destaca Luis Rezende, presidente da subsidiária da empresa sueca no Brasil e Head of Latin America Hub.

A marca está implantando esta política em todos os seus escritórios e fábricas ao redor do mundo, atingindo diretamente cerca de 40 mil funcionários, que terão direito às 24 semanas de licença remunerada (algumas regras específicas podem variar de acordo com as leis de cada país).

mãe e pai beijando filho bebê deitados cama
Foto: Getty Images

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Vale lembrar que aqui no Brasil a Volvo, por ser uma empresa do Programa Empresa Cidadã, tinha, até o momento, 20 dias de licença-paternidade e 24 semanas (seis meses) de licença-maternidade. São 160 dias a mais para deixarmos os pais mais perto de seus filhos”, comemora Eliane Trinca, diretora de People Experience e Responsabilidade Social Volvo Car Latam Hub.

Política global inclui todos os pais legalmente registrados, compreendendo pais adotivos, bem como filhos de casais do mesmo sexo.

“Quando os pais são apoiados para equilibrar as demandas do trabalho e da família, isso ajuda a fechar a lacuna de gênero e permite que todos se destaquem em suas carreiras”, explica Håkan Samuelsson, presidente-executivo da Volvo Cars.

“Queremos liderar a mudança neste setor e definir um novo padrão global de pessoas. Ao optar pela licença parental remunerada de todos os nossos funcionários, reduzimos a diferença de gênero e obtemos uma força de trabalho mais diversificada, impulsionando o desempenho e fortalecendo nossos negócios”, completa Hanna Fager, chefe de funções corporativas.


Quer uma história inspiradora? Dá o play!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,838,442SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após vaquinha garoto refugiado que pediu comida a policiais aluga casa para família

Olha que fim maravilhoso teve a história do Edwin! Para quem não lembra, em novembro do ano passado ele viralizou após encostar em uma...

Aluna com deficiência auditiva une turma e estimula aprendizado multidisciplinar

Os colegas da aluna mostraram que não existem barreiras para a amizade e a solidariedade.

Vovô do Samu: socorrista de 75 anos continua salvando vidas, mesmo com idade para se aposentar

Mesmo com idade para se aposentar, o seu João Francisco da Silva não pensa em largar o seu trabalho, pois ama o que faz: salvar vidas!

Herói anônimo ajuda motorista em plena Marginal Tietê

É quarta feira a noite e você está louco para sair do trabalho e poder descansar um pouco. Você arruma as suas coisas, pega...

Vaquinha para tratamento de menino com doença rara e sem cura bate R$ 248 mil

“Muito obrigado, que Deus abençoe grandemente todos vocês”. Tem agradecimento mais especial que esse, gente? Conseguimos. Pedrinho vai ter o tratamento que ele merece! Pedrinho,...

Instagram