Aos 93 anos, vovó mexicana conquista diploma de Administração: ‘Estudei muito e me arrisquei’

Nunca é tarde demais para realizar nossos sonhos mais antigos: podemos usar como exemplo a história de Maria Josefina Cruz Blancas, que aos 93 anos se formou em Administração – um sonho de sua adolescência.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quando jovem, Maria precisou deixar os estudos de lado para trabalhar e garantir o sustento dos filhos. Ela sempre teve vontade de entrar na faculdade, mas os anos foram passando e a ideia, deixada de lado.

Foi apenas aos 89 anos que a idosa retornou à sala de aula, conquistando o diploma quatro anos depois com as melhores notas da turma.

A primeira a comemorar a notícia, toda orgulhosa, foi Maricruz, neta de Maria, em uma publicação no Twitter. “Hoje (19 de outubro) minha avó se formou na Faculdade de Administração de Empresas aos 93 anos e eu não poderia estar mais feliz com isso”, disse.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A idosa formou-se na Universidade de Grupo Saxum, no estado de Querétaro (México). E o que não faltou foram pessoas para comemorar o diploma: Maria tem 14 netos e 15 bisnetos – todos mandaram mensagens de felicitações à avó pela conquista.

“Meu diploma acabou atrasando um pouco por causa da pandemia. Quando finalmente terminei o curso fiquei apreensiva, mas agora me sinto muito tranquila, muito à vontade”, disse a vovó em entrevista à Televisa.

Maria retomou os estudos em 2017, incentivada pela neta Maricruz. No início, ela tinha receio de voltar a estudar, com medo de não se inserir no meio de tantos estudantes mais jovens. Ela também tinha medo de comentários maldosos e do que os outros poderiam pensar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Essa discriminação, felizmente, jamais ocorreu: Maria era muito querida pelos colegas. Ainda em 2017, formou-se no ensino médio.

No ano seguinte, sem tempo a perder, ela ganhou uma bolsa e ingressou no curso de Administração na Universidade de Grupo Saxum, levando três anos para terminar a graduação.

Em entrevista à Televisa, a bisavó de 15 disse que seu único grande obstáculo foi no campo da Matemática, disciplina que ela tinha grande dificuldade no início.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apesar do diploma em mãos e estar orgulhosa da conquista, Maria não acredita que vá trabalhar nessa área. “Fiz o curso para me provar […]”, concluiu.

Junto à Stone, viajamos o Brasil para mostrar negócios que muita gente acha que não daria certo na nossa terrinha – e dão! Veja o 7º EP da websérie E se fosse no Brasil?

Fonte: Upsocl
Fotos: Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,977,926SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem trans gay fala sobre a experiência de amamentar o próprio filho

O canadense Trevor MacDonald, de 31 anos, tornou-se um porta-voz da comunidade trans ao falar sobre a experiência de ser um homem transgênero e...

Menina indígena de 13 anos é nominada para ‘Nobel infantil da Paz’

Autumn Peltier, aos 13 anos, acaba de ser indicada para o Global Children’s Peace Prize, considerado o ‘Nobel infantil da Paz’.

Cientistas desenvolvem filtro que converte água do mar em potável em meia hora

Uma equipe de cientistas da Universidade de Monash, em Melbounde, Austrália, criou um filtro que pode resolver o problema de água consumível para muitas...

Marido apaixonado envia flores todos os dias à esposa internada com Covid no hospital

Com a pandemia do coronavírus, as relações estão sendo colocadas à prova. No entanto, se alguns casais estão sendo obrigados a aguentar a distância,...

Conheça o gato Wesley, o amigo de todas as horas dos animais de um santuário

Quem disse que gato não é um animal atencioso? O gato Wesley está aí para provar que isso é lenda. Ele é o amigo...

Instagram