Vovô comemora 100 anos andando mais de 160km para arrecadar doações para os mais vulneráveis

Prestes a completar um século de vida, o vovô Mickey Nelson decidiu comemorar seus 100 anos andando mais de 160km, com o objetivo de arrecadar dinheiro para milhares de pessoas vulneráveis durante a pandemia do coronavírus.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A comemoração solidária recebeu o nome de ‘Caminhando para 100’ e marcará seu aniversário de 100 anos, no dia 27 de junho, de uma maneira mais do que especial! 🥳

Mickey-Nelson-1
Foto: CNN

Veterano da Segunda Guerra Mundial, Mickey vive na pequena cidade de Clarks Grove, em Minnesota, Estados Unidos e se inspirou na história de Tom Moore, do Reino Unido, que levantou mais de US $ 37,4 milhões ao dar 100 voltas em seu jardim.

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mickey-Nelson-2
Foto: arquivo pessoal

Desde que a caminhada começou, em maio, sua boa ação já conseguiu arrecadar mais de 86 mil dólares – mais de 400 mil reais, que serão destinados aos programas de alimentação e emergência do Exército de Salvação. Sua meta é arrecadar 100 mil dólares. Está quase lá!

Para quem assistiu o mundo se transformar, ele relembra que o exército da salvação já ajudou milhares de pessoas em tempos difíceis.

“Durante os anos de depressão, o Exército da Salvação distribuía sopa, e isso ficou marcado na minha memória, porque tive a sorte de ter sempre comida na mesa”, disse em entrevista à CNN.

Mickey-Nelson-3
Foto: arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele espera alimentar o maior número possível de pessoas graças à sua iniciativa e nos ensina a importância de enxergar o mundo como uma grande e única unidade: “Acredito que todos os EUA, democratas e republicanos, deveriam se unir para ajudar os menos favorecidos entre nós”.

mickey nelson 4
Foto: Craig Dirkes

Momentos difíceis

Mesmo passando por momentos difíceis, este vovô de 99 anos está dando um show de garra e mostrando ao mundo o real significado da palavra empatia.

Em meio à pandemia do coronavírus, ele está sendo obrigado a atravessar este período sozinho, já que sua esposa está isolada em um lar de idosos, fechado para visitas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A saudade que ele sente de sua amada, no entanto, está sendo canalizada de outra forma, já que sua ação irá alimentar milhares de pessoas vulneráveis.

E enquanto o reencontro não acontece, ele caminha para salvar vidas e fazer o bem! 😍

Fonte: UOL

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,835,148SeguidoresSeguir
24,755SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Coronavírus: empresa que tem Xuxa como sócia doará R$ 1 milhão ao SUS

A apresentadora Xuxa Meneghel é uma das sócias da Espaçolaser. Recentemente, a empresa anunciou que doará R$ 1 milhão para o Ministério da Saúde,...

Seringueira se alfabetiza aos 71 anos e agora quer fazer faculdade

Nazaré Pereira tem 71 anos de idade e prova que, nunca é tarde para a gente ir atrás de nossos sonhos, construir uma outra...

Mãe que assava pães com forno emprestado conquistará sua casa própria com ajuda de vaquinha!

Fraquejar é algo que não existe na vida da dona Sônia. Analfabeta, ela não conseguia emprego, então começou a assar pão no forno de...

Estudantes criam ‘micro-ondas ao contrário’: gela bebidas em 1 minuto

Um trio de estudantes de uma escola pública do Distrito Federal desenvolveU um equipamento capaz de refrigerar uma lata de bebida em até 1...

Intervenção urbana transforma vilarejo de idosos na Itália na internet da “vida real”

Como seriam nossas relações online “na vida real”? O grupo italiano “Milkshake Studio” foi atrás dessa resposta em um pequeno vilarejo chamado Civitacampomarano, na...

Instagram

Vovô comemora 100 anos andando mais de 160km para arrecadar doações para os mais vulneráveis 2