Vovô comemora 100 anos andando mais de 160km para arrecadar doações para os mais vulneráveis

Prestes a completar um século de vida, o vovô Mickey Nelson decidiu comemorar seus 100 anos andando mais de 160km, com o objetivo de arrecadar dinheiro para milhares de pessoas vulneráveis durante a pandemia do coronavírus.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A comemoração solidária recebeu o nome de ‘Caminhando para 100’ e marcará seu aniversário de 100 anos, no dia 27 de junho, de uma maneira mais do que especial! 🥳

Mickey-Nelson-1
Foto: CNN

Veterano da Segunda Guerra Mundial, Mickey vive na pequena cidade de Clarks Grove, em Minnesota, Estados Unidos e se inspirou na história de Tom Moore, do Reino Unido, que levantou mais de US $ 37,4 milhões ao dar 100 voltas em seu jardim.

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mickey-Nelson-2
Foto: arquivo pessoal

Desde que a caminhada começou, em maio, sua boa ação já conseguiu arrecadar mais de 86 mil dólares – mais de 400 mil reais, que serão destinados aos programas de alimentação e emergência do Exército de Salvação. Sua meta é arrecadar 100 mil dólares. Está quase lá!

Para quem assistiu o mundo se transformar, ele relembra que o exército da salvação já ajudou milhares de pessoas em tempos difíceis.

“Durante os anos de depressão, o Exército da Salvação distribuía sopa, e isso ficou marcado na minha memória, porque tive a sorte de ter sempre comida na mesa”, disse em entrevista à CNN.

Mickey-Nelson-3
Foto: arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele espera alimentar o maior número possível de pessoas graças à sua iniciativa e nos ensina a importância de enxergar o mundo como uma grande e única unidade: “Acredito que todos os EUA, democratas e republicanos, deveriam se unir para ajudar os menos favorecidos entre nós”.

mickey nelson 4
Foto: Craig Dirkes

Momentos difíceis

Mesmo passando por momentos difíceis, este vovô de 99 anos está dando um show de garra e mostrando ao mundo o real significado da palavra empatia.

Em meio à pandemia do coronavírus, ele está sendo obrigado a atravessar este período sozinho, já que sua esposa está isolada em um lar de idosos, fechado para visitas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A saudade que ele sente de sua amada, no entanto, está sendo canalizada de outra forma, já que sua ação irá alimentar milhares de pessoas vulneráveis.

E enquanto o reencontro não acontece, ele caminha para salvar vidas e fazer o bem! 😍

Fonte: UOL

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,646,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Médicos do Sírio e do Einstein abrem clínica particular em Heliópolis

Saúde pública gratuita e de qualidade é um sonho? Inovação social? Razões para acreditar? Médicos do Sírio e do Einstein, na entrada da favela de...

Tatuadora cobre cicatrizes de pessoas que venceram a depressão

A tatuadora australiana Whitney Develle está ajudando pessoas que sofreram de depressão a apagar lembranças desse período triste de suas vidas. Lembranças que carregam...

Mais de 200 cães são salvos de eutanásia no maior transporte aéreo já registrado

O maior transporte aéreo de animais em uma mesma viagem.

Barraca sem vendedor gera lucro e estimula honestidade nas pessoas

O agricultor José Joaquim de Souza e sua esposa, Maria de Lourdes dos Santos, construíram uma barraca de autoatendimento na frente da casa onde...

Pessoas em situação de rua estão conseguindo emprego graças a jovem de 16 anos

Ahh como eu amo esta nova geração de jovens que estão dispostos a mudar o mundo e a ajudar quem mais precisa! Em San...

Instagram