Vovô de 61 anos é aprovado em universidade após estudar com as netas no Maranhão

Aos 61 anos – sendo mais da metade deles trabalhando como auxiliar de maquinista, – Antônio Jorge Dinis Almeida finalmente pôde se aposentar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Disposto a aproveitar o tempo livre de forma produtiva, o idoso retomou os estudos e concluiu o ensino médio. Não satisfeito, fez o Enem no ano passado e se inscreveu para o Sisu neste ano, conquistando um feito notável.

Antônio foi aprovado na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), onde irá cursar Turismo.

Tudo isso foi possível graças à família do agora estudante universitário, especialmente seu filho e as duas enteadas, a quem Antônio trata como “netas do coração”.

Enquanto o filho, que é professor universitário, incentivou o pai a concluir os estudos (que ele precisou abandonar na adolescência para trabalhar), suas netas – as irmãs gêmeas Yngridy e Yasmin fizeram questão de acompanhá-lo nos estudos do ensino médio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Seu Antônio foi aprovado em março, passando na segunda chamada da UFMA.

Vovô de 61 anos é aprovado em universidade após estudar com as netas no Maranhão 1

Juventude

De acordo com o portal “Mais Maranhão”, seu Antônio perdeu o pai quando cursava o segundo ano do ensino médio.

Assim, para ajudar no sustento de casa, onde morava com a mãe e os irmãos, ele largou os estudos e começou a trabalhar.

Na juventude, entrou para o Exército brasileiro, onde ficou 4 anos, sendo promovido a cabo. Nesse meio-tempo, tentou concluir o ensino médio, sem sucesso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Antônio também já trabalhou por um ano como segurança na antiga Rede Ferroviária Federal (RFFSA). Aos vinte e poucos anos, participou de um concurso para auxiliar de maquinista, e passou. Foram mais de três décadas dedicadas à esse trabalho.

Retorno aos estudos

Pouco depois dos sessenta, o maranhense finalmente se aposentou, cujo processo se arrastou até 2016. Três anos depois, voltou a estudar por meio do EJA – Educação de Jovens e Adultos, onde concluiu o ensino médio.

Devido à pandemia, boa parte das provas e exames eram feitos via internet. Por isso, o idoso contou com a ajuda não apenas de videoaulas, mas das netas de consideração, que o acompanharam em todas as disciplinas que ele tinha dificuldade.

Yasmin, que cursa Direito, ajudou o avô nos conteúdos de Humanas – tais como História, Geografia, Filosofia e Sociologia, – ao passo que Yngridy, estudante de Engenharia Civil, o acompanhou nas matérias de Exatas e Biológicas, como Matemática, Química e Física.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aprovação no ensino superior

No ano passado, incentivado pela família, Antônio prestou o Enem, esperançoso de que conseguiria uma vaga na faculdade através do Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

As netas cuidaram de todo o processo de inscrição, que culminou na aprovação em Turismo na Federal!

Apesar de não ser o avô biológico de Yngridy e Yasmin, Antônio é muito querido e admirado pelas jovens – em uma relação familiar baseada no respeito mútuo e na paixão por estudar.

Saber que o idoso foi aprovado na carreira que desejava emocionou as gêmeas, que sentiram que seu dever “havia sido cumprido”.

“Entrei no site do sistema e vi o nome do meu avô entre os aprovados. Corri para dar a notícia para minha irmã e mãe”, relatou Yngridy.

Seu Antônio começa a estudar na Universidade Federal do Maranhão no dia 14 de abril.

Fonte: Mais Maranhão
Fotos: Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Vovô de 61 anos é aprovado em universidade após estudar com as netas no Maranhão 3

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,971,659SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Estudante de 18 anos cria conta anônima no Instagram para valorizar seus colegas de classe

Um estudante do ensino médio revelou que ele foi o cérebro por trás de uma conta anônima de Instagram onde postou mensagens amáveis e sinceras sobre...

Irmãos homenageiam pais surdos com tatuagem em Libras

Para homenagear os pais, que são deficientes auditivos, eles tatuaram "Eu Te Amo" e "Família" em Libras.

Assistente do Google vai compartilhar “boas notícias”

A Assistente do Google passará a compartilhar razões para acreditar num mundo melhor.

Tecnologias para sustentabilidade e inclusão social: conheça os projetos do Red Bull Basement 2019

Confira o que rolou na final da residência hacker, em um dia todo dedicado à tecnologia, com palestras dos residentes hackers, realizado no Red Bull Station, no Centro de São Paulo.

Cabeleireira mobiliza internet e empresas doam presentes para festa surpresa de funcionário da Apae (MG)

Uma das coisas mais incríveis que a internet trouxe foi o poder do compartilhamento, principalmente para fazer o bem. E o Domingos foi a prova...

Instagram

Vovô de 61 anos é aprovado em universidade após estudar com as netas no Maranhão 4