"Quem diria que aquele garoto que trabalhava de FRENTISTA desde seus 17 anos iria viver da ARTE?

O artista plástico Eduardo Lima conquistou milhares de fãs ao retratar a cultura nordestina com elegância e simplicidade na medida certa.

Hoje, quadros assinados pelo artista estão espalhados por mais de 30 países.

“Eu quero levar o meu trabalho o mais alto que eu puder levar”, afirmou o artista. 

O baiano de Capim Grosso tem usado a internet como grande aliada para levar suas obras de artes representantes do sertão nordestino para o resto do Brasil – e do mundo! ✨

“O frentista que virou artista. Estou muito feliz em poder realizar exposições, onde muitos puderam conferir de perto o meu trabalho”.

LEIA A HISTÓRIA COMPLETA!