Mexicana de 24 anos é coroada a primeira Miss Universo Indígena: ‘Raízes que cruzam fronteiras’

“Sou uma mulher empoderada, que lutou muito para chegar até aqui“. Assim começa o relato da modelo mexicana Silvia Jim, que venceu o Miss Universo Indígena.

Afinal, a indústria da beleza e da moda vai muito além da estética padronizada, e tem espaço – de sobra – para todo mundo!

Como ativista e modelo, ela se diz uma representante da beleza das mulheres de sua aldeia.

A jovem representou não só o México, mas também sua aldeia, e disse que foi motivada pelo amor ao seu país e às suas raízes indígenas.

“Quero deixar o nome do meu México e de suas 68 culturas indígenas em alta. Lutei muito para chegar aqui, apesar da discriminação”.

LEIA A HISTÓRIA COMPLETA!