Webdesigner parou de cobrar por seu trabalho e não se arrepende do que aconteceu

Um pai, e diga-se de passagem, de um bebê lindo, à alguns anos atrás chegou na conclusão de que, trabalhar em um emprego tradicional é algo ‘tóxico’. Adrian Hoppel, é um webdesigner na Filadélfia, atualmente ele utiliza um novo sistema na hora de apresentar seu trabalho para os clientes. Adrian não cobra mais dinheiro por seu trabalho. Ele começou a fazer uso do que chama de: “economia do presente”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Adrian explica em seu site: “Por mais de uma década eu trabalhei no mercado corporativo, e consegui o que tradicionalmente é considerado sucesso: Fui vice-presidente nos meus vinte anos, tinha grandes contas de despesas, roupas caras, viagens internacionais, bom salário, cheques de bônus e uma grande quantidade de material adquirido.         Mas eu me sentia mal, usado e amargurado. Todos os dias era como se eu fosse um ator, usando meu traje sob medida e recitando minhas falas ensaiadas, depois voltava para casa e tentava me reconectar com a pessoa que eu queria ser. Ficou cada vez mais difícil manter a aparência para o próximo show.”

Adrian explica sua filosofia de “economia presente” da seguinte forma: “Se nós decidirmos trabalhar juntos, eu vou construir um site como um presente. Depois que estiver pronto, eu o entrego a você. Então, se considerar que o projeto valeu a pena, pode escolher algo justo como presente. Não há nenhum contrato, nenhuma negociação, nenhuma pressão.”

Obviamente, para algumas realidades tal atitude seria impossível. Mas, a experiência de Adrian serve-nos para exemplificar o quanto nossa felicidade é o importante em todos os momentos, e o quanto nos anularmos é algo completamente tóxico. Podemos não adotar uma ”economia presente” de forma financeira, mas talvez possamos adotar uma “economia presente” com nós mesmos, ao invés de cobrarmos resultados perfeitos, podemos cobrar mais alegria!

512127-98d8e11e-8dfd-11e3-8dff-f6af7c30323d adrien o-ADRIAN-HOPPEL-facebook

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,838,442SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Não deixe que ninguém diga que seus pais adotivos não são seus pais verdadeiros

Você com certeza já sabe que é a incrível Simone Biles, que ganhou a medalha de ouro individual nas Olimpíadas do Rio. Uma pessoa aleatória, porém,...

Com a agrofloresta, jovem leva fartura a comunidades de Uganda

Charles Batte ensina produtores locais a prevenir a erosão do solo e melhorar a produtividade através de um sistema milenar.

Ambulância para resgatar cães e gatos em risco nas ruas começa a operar em Curitiba

De acordo com a administração municipal, todos os animais atendidos vão ser identificados e castrados.

Pescador gaúcho ensina às crianças a importância do amor pela natureza

Como ensinar às crianças a importância do amor pela natureza? O pescador gaúcho Julio de Oliveira, 55 anos, morador de Porto Alegre, mostra um...

Empresa vai doar 15 mil pares de meia para moradores em situação de rua na Califórnia

Os pares de meias são suficientemente duráveis e quentes para os desabrigados resistirem ao frio.

Instagram