Zelador de 92 anos deixa herança de US$ 8,3 milhões para hospital e biblioteca nos EUA

A família do zelador Ronald Read ficou surpresa ao ler o seu testamento de seis páginas e descobrir que ele deixou uma fortuna de US$ 8,3 milhões, cerca de R$ 25,5 milhões, para ser distribuída.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Morto em 2014, aos 92 anos, Read lutou pelo exército norte-americano na 2ª Guerra Mundial, segundo o Washington Post. Após o fim da guerra, ele voltou para sua cidade natal, Brattleboro, em Vermont (EUA), onde trabalhou como mecânico durante 25 anos.

Depois de se aposentar, Read voltou a trabalhar como zelador em uma loja de roupas até 1997.

“Descobrimos que investir em ações do mercado financeiro era um dos maiores hobbies de Read”, afirma sua advogada, Laurie Howell, ao canal CNBC. “Ele só investia em empresas que conhecia, como Bank of America, GE, General Motors e Johnson & Johnson, e que resultavam em dividendos.”

Read poupou essa quantia de dinheiro vivendo de forma simples, evitando qualquer tipo de luxo. A fortuna foi deixada para o Hospital Brattleboro Memorial e a Biblioteca Brooks Memorial.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Chris Hogan, especialista da Ramsey Solutions, afirmou à CNBC que é possível hoje alguém poupar essa mesma quantia. “As pessoas só precisam ter foco e estratégias. Mantenha seu estilo de vida sobre controle, esteja comprometido e busque a ajuda de um especialista em finanças, que possa te ajudar a entender o mercado financeiro”.

via [Pequenas Empresas & Grandes Negócios]

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,434,652SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Razões para Acreditar e Rede do Bem se unem para impactar 100 mil vidas em 1 ano

Imagina se cada vez que você fizesse uma compra, uma parte do dinheiro investido fosse para uma causa coletiva. Bacana, né? Pois é isso...

Mãe deficiente auditiva sonha ouvir a filha e em menos de 24h vaquinha arrecada R$ 35 mil para compra de aparelho auditivo

Um estudo científico mostra que a atividade cerebral de uma mãe e seus filhos tem a mesma frequência quando eles se comunicam ou cantam...

Pedreiro cadeirante desafia o preconceito e sustenta a família trabalhando em obras

"Ele sobe no telhado se precisar subir, na escada, às vezes até mais rápido que a gente"

Prefeito proíbe que moradores de vilarejo italiano morram

O decreto aprovado pelo prefeito da pequena aldeia de Sellia, Davide Zicchinella, 40 anos, pretende frear o processo de esvaziamento do vilarejo da Calábria...

Piloto desvia voo internacional para salvar cãozinho

Após perceber uma falha no sistema de aquecimento na área de carga da aeronave, um piloto da companhia aérea Air Canada decidiu desviar um voo que...

Instagram