Zeladora de hospital se forma com rodo na mão: ‘Com esse dinheiro paguei a faculdade’

Plena e orgulhosa, a zeladora Erica Reis, que trabalha no Hospital Municipal de Jaru (RO), fez questão de lembrar em sua formatura de onde veio o dinheiro ganho para pagar sua faculdade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No ensaio fotográfico com a beca, ela trouxe o rodo e o material de limpeza que utiliza todos os dias para trabalhar. Já são cinco anos trabalhando na unidade hospitalar, mesmo tempo que Erica precisou para se formar.

A zeladora é bastante conhecida no Hospital Municipal de Jaru. Os pacientes e funcionários da instituição relatam a alegria que ela transmite durante o expediente. Erica gosta de cantar o tempo todo enquanto trabalha.

Zeladora de hospital se forma com rodo na mão

Ensaio de presente

No final do ano passado, o fotógrafo Max gravou um vídeo que mostra Erica cantando alegremente pelo hospital.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As imagens viralizaram, acumulando mais de 60 mil visualizações em um post do Facebook.

Muitas vezes chegamos em algum local público ou privado e não somos bem atendidos, mas essa Funcionária do HOSPITAL MUNICIPAL DE JARU (Erica)Dá uma verdadeira lição de que independente da função, todo trabalho é digno e deve ser feito com amor e dedicação.Video: Gravado pelo Médico Mário Roberto ! Obrigado meu querido.Edição: Para quem está vendo o vídeo, fizemos um ensaio Fotográfico da Érica no Hospital. Entre na minha linha de tempo que a Publicação está lá. Vc vai entender um pouco da História dela.

Publicado por Max Silva Fotografia em Sexta-feira, 8 de novembro de 2019

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Muitas vezes chegamos em algum local público ou privado e não somos bem atendidos, mas essa Funcionária do Hospital Municipal de Jaru (Erica) dá uma verdadeira lição de que independente (sic) da função, todo trabalho é digno e deve ser feito com amor e dedicação”, escreveu Max no post.

O Razões e o Educa Mais Brasil te ajudam a conseguir bolsa de estudo para cursos técnicos e profissionalizantes, cursos de idiomas, entre outras, clique aqui.

Comovido com a história da rondoniense, Max oferece um book fotográfico de presente para ela. As imagens foram publicadas há alguns dias no perfil do fotógrafo.

Zeladora de hospital se forma com rodo na mão

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Erica (a zeladora que canta) assim que ela gosta de ser chamada… se formou em Educação Física em setembro, pagando com o salário de zeladora!”, disse. “Ela é uma pessoa maravilhosa, um exemplo a ser seguido”, concluiu.

Veja mais fotos:

Zeladora de hospital se forma com rodo na mão Zeladora de hospital se forma com rodo na mão

Leia também: Estudantes fazem festa surpresa em homenagem ao zelador da escola

Zeladora de hospital se forma com rodo na mão Zeladora de hospital se forma com rodo na mão

[Nota de Redação]

O seu Zezinho tem 68 anos e nunca foi à escola. Ele queria muito aprender o alfabeto e finalmente poder escrever o próprio nome. Gentil toda vida, uma professorinha de 9 anos começou a ensinar o vendedor de picolé a ler e escrever.


Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: SNB/Fotos: Reprodução

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,845,820SeguidoresSeguir
24,900SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Campanha quer ampliar a definição de família para abranger todas as formas de amor

Com base em todas as sugestões enviadas e, com a ajuda de especialistas da língua, será escolhida uma definição mais ampla, fazendo com que as novas gerações conheçam um significado de família mais democrático e sem preconceitos.

Bate a meta da vaquinha para ajudar jovem com autismo severo

Julio completou 24 anos e tem autismo severo, durante as crises, precisa ser amarrado para que não se machuque. A vaquinha proporcionará a ele um tratamento adequado!

Quase 200 pessoas vão a abrigos confortar cães durante fogos de artifício

Quase 200 pessoas confortaram cães de dois abrigos durante fogos de artifício no Dia da Independência dos Estados Unidos.

Cisterna sustentável: projeto já reaproveitou 1 milhão de litros de água da chuva

Mais de um milhão de litros de água da chuva reaproveitados para uso doméstico e 171 pessoas abastecidas diariamente por cada cisterna em funcionamento....

Esta escola dá aulas em rio para mostrar aos alunos a situação da biodiversidade aquática ao vivo

Por Jessica Miwa Lembra das aulas de biologia na escola, sentado entre quatro paredes em uma sala de aula, decorando os diversos nomes e funcionalidades...

Instagram

Zeladora de hospital se forma com rodo na mão: 'Com esse dinheiro paguei a faculdade' 2